Esportes Terça-feira, 28 de Junho de 2022, 10:45 - A | A

Terça-feira, 28 de Junho de 2022, 10h:45 - A | A

Swiatek bate recorde de vitórias de Venus Williams com boa estreia em Wimbledon

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Iga Swiatek continua soberana em 2022. Depois de cair na semifinal do Aberto da Austrália, a número 1 do mundo não perdeu mais no ano, erguendo seis taças, entre elas a de Roland Garros. A polonesa iniciou sua caminhada em busca do 10° título da carreira nesta terça-feira com boa vitória em Wimbledon. Com 1h15, bateu a croata Jena Fett por 6/0 e 6/3 e superou o recorde de triunfos de Venus Williams ao ganhar seu 36° jogo seguido.

A marca de Venus durava quase 22 anos. A americana iniciou sua série de 35 vitórias no torneio de Wimbledon, em 2000, seguindo sem derrotas até a final do Generali Ladies Linz. Após ser campeã em Doha, Indian Wells, Miami, Stuttgart, Roma e Roland Garros, Swiatek parou algumas semanas para descansar e chegar "inteira" em Londres.

Com as energias recarregadas, não deu chances para Fett no primeiro set. Com três quebras, fechou com um pneu em somente 33 minutos. No segundo set, a rival surpreendeu ao abrir 3 a 1 com quebra do serviço de Swiatek duas vezes seguidas. Ainda teve 40 a 0 para quebrar novamente e viu a polonesa salvar cinco breakpoints para diminuir para 3 a 2.

Fett podia ter aberto 4 a 1, não aproveitou a chance e perdeu o serviço para empate em 3 a 3. Conseguiria recuperar a concentração e segurar a reação da líder do ranking? Cometendo muitos erros e sofrendo com o vento, a croata levou a virada, perdeu o saque e acabou eliminada com 6/3.

Favorita em Wimbledon, apesar de ter parado na quarta rodada em 2021, Swiatek derrubou a série de Venus, mas está longe da maior sequência de vitórias na história do tênis feminino. Em 1984, Martina Navratilova ganhou 74 jogos seguidos.

SEM SUSTOS
Maria Sakkari e Jelena Ostapenko não tiveram problemas para confirmar o favoritismo na estreia em Wimbledon. Cabeça de chave 5, a grega passou fácil pela australiana Zoe Hives, com 6/1 e 6/4. Já a letã (12) avançou com duplo 6/4 sobre a francesa Océane Dodin.

Quem não teve a mesma sorte entre as cabeças de chave foi a casaque Yulia Putintseva (27), eliminada pela francesa Alizé Cornet por 6/3 e 7/6 (7/5). Em duelo de tenistas asiáticas, a chinesa Zhang Shuai, que abandonou a final de Birmingham contra Bia Haddad, largou bem com 6/4 e 6/0 sobre a japonesa Misaki Doi.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros