Quinta-feira, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,66
euro R$ 6,14
libra R$ 6,14

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,66
euro R$ 6,14
libra R$ 6,14

Esportes Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 20:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 18 de Março de 2024, 20h:00 - A | A

Real Madrid presta queixas após novos insultos racista contra Vini Jr no Campeonato Espanhol

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O Real Madrid informou em nota oficial nesta segunda-feira que prestou queixa no Comitê de Disciplina da Federação Espahola de Futebol contra a negligência do árbitro do jogo contra o Osasuna após novo episódio de insultos racistas direcionado ao atacante Vinicius Jr pela 29ª rodada do Campeonato Espanhol.

O jogo aconteceu sabado no estádio El Sadar, na cidade de Pamplona, e a torcida do Osasuna xingou o atacante brasileiro. Líder do Campeonato Espanhol, o Real Madrid venceu por 4 a 2, e Vinicius Jr. colaborou com dois gols. O clube afirma que o árbitro Juan Martínez Munuera foi negligente no relatório da partida.

"O árbitro omitiu voluntária e deliberadamente os insultos e gritos humilhantes repetidamente dirigidos ao nosso jogador Vinicius Junior, apesar de ter sido avisado insistentemente pelos nossos jogadores no mesmo momento em que ocorriam", afirma a nota do clube.

O Real Madrid também solicitou que a Comissão Estadual contra a Violência, o Racismo, a Xenofobia e a Intolerância no Esporte identifique e puna os envolvidos. O clube informa ainda que ampliou a denúncia que apresentada na sexta-feira à Procuradoria-Geral do Estado contra crimes de ódio e discriminação, na qual relata insultos racistas e de ódio nas imediações do estádio Olímpico de Montjuic no ano passado e do estádio Metropolitano, em um jogo que o Real nem estava envolvido, solicitando que se identifique os autores.

"O Real Madrid condena mais uma vez estes violentos ataques de racismo, discriminação e ódio e exige que sejam tomadas as medidas necessárias, de uma vez por todas, para erradicar a violência que o nosso jogador Vinicius Junior tem sofrido", finaliza o clube em seu comunicado.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros