Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Esportes Terça-feira, 09 de Agosto de 2016, 09:19 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 09 de Agosto de 2016, 09h:19 - A | A

Cuiabá Arsenal vence e assume liderança do Grupo E

REDAÇÃO

O Cuiabá Arsenal venceu por 30 a 14 o Campo Grande Predadores em jogo válido pela Superliga Nacional de Futebol Americano, no último fim de semana, nesse domingo (07.08), no estádio Jacques da Luz, em Campo Grande (MS). Com o resultado, dois jogos, duas vitórias e saldo de 35 pontos, assume a liderança do Grupo E (Conferência Oeste). E o próximo desafio será contra o Lusa Lions, no dia 20 de agosto, às 18h, na Arena Pantanal, em Cuiabá, com ingressos limitados.

 

Assessoria

Arsenal

 

Scout de Jogo

No 1º quarter, a jogada de kickoff (chute inicial) foi feita pelo time mandante, o Campo Grande Predadores.  O Cuiabá Arsenal recebeu e começou com a posse da bola, mas não obteve êxito na conquista por jardas. A defesa dos donos da casa havia conseguido parar a artilharia mato-grossense. E a posse da bola mudou de mãos, mas o Predadores também não teve sucesso. Sem ambas as equipes avançarem, aqui já se desenhava uma partida de predomínio das defesas.

 

Após alguns drives sem os ataques produzirem, as defesas abriram o placar. E a primeira delas foi a do Predadores. Com a linha de scrimmage do Arsenal dentro da red zone, a cinco jardas da end zone, o lineman do Predadores, Andrei Felipe da Silva invade o pocket, corre para cima do quarterback Marcelo Roversi e o derruba dentro da end zone. Uma jogada chamada de safety e que vale dois pontos para o defensor. Placar de dois a zero para os donos do estádio (00 x 02).

 

Ainda no 1º quarto, não muito depois do safety, o quarterback do Predadores tenta um passe nas costas dos linebackers, mas é interceptado pelo free safety Kenneth Joshen, que corre trinta jardas até adentrar na end zone. Era o primeiro touchdown (TD) da partida e marcado pela defesa do Arsenal. Na sequência as equipes se posicionaram para o extra point (XP) e o kicker Raulin Leal encesta para ampliar o placar (07 x 02). Então partem para o segundo quarto.

 

No 2º quarter, as defesas continuaram a impedir os avanços dos ataques. O Cuiabá Arsenal chegou perto da end zone adversária, tentou um field goal (FG) de 40 jardas num 4º down, mas Raulin Leal põe para fora das metas. O Predadores recebe a posse da bola, mas sem demora são interceptados pelo linebacker Igor Mota. O ataque mato-grossense retorna para o campo e com dificuldade de conquistar jardas, parte para outro FG. Raulin chuta e emplaca (10 x 2). Intervalo.

 

“O time entrou em campo sem foco e por isso sofreu um safety. Outro exemplo de erro foi uma das interceptações da defesa. Interceptou, levou um fumble e perdeu a bola. Tanto ataque quanto defesa tinham buracos. Foram pequenos detalhes errados, seja um OL que não bloqueia ou um furo na defesa, que mais ficaram evidentes no início do jogo. Mas no intervalo a comissão técnica fez ajustes e entramos nos trilhos”, diz o coordenador ofensivo do Arsenal, Victor Cohen.

 

No 3º quarter, o Predadores começa com a posse da bola e um touchdown. Um passe de cerca de 30 jardas direto nas mãos do wide receiver Felipe Alves. Foram para a XP, mas a linha foi invadida e a bola ficou no holder (10 x 08). Com a posse, o Arsenal não perde tempo e marca TD de corrida de 40 jardas. O quarterback (QB) Daniel Pereira entrega para o running back Brandon “The Rocket” Watkins correr e marcar. E o kicker Raulin Leal perde o ponto extra (16 x 08).

 

Na sequência, Arsenal chuta e Predadores retorna para touchdown com André Borges. Tentam fazer do ponto extra uma conversão de dois pontos (para empatar o placar), mas o passe não chega nas mãos do wide receiver (16 x 14). A bola retorna para o Arsenal, que marcha rumo a end zone rival. E o quarterback Vinícius Alexandre Lara lança a bola, 30 jardas, direto nas mãos do também wide receiver, Kenneth Joshen. E o kicker Raulin Leal acerta o ponto extra (23 x 14).

 

No 4º quarter, o Predadores logo de início sofre interceptação do free safety (FS) Kenneth Joshen. O ataque do Arsenal tenta um field goal, mas a bola sai por fora das traves. O ataque do Predadores marcha no campo, encosta as costas da defesa do Arsenal na end zone, faz um passe para dentro dela, mas Hanay Gonçalo intercepta dentro da end zone e mantém o placar. Arsenal ataca sem eficiência e a posse da bola retorna aos donos da casa.

 

Ainda no 4º quarto, o Predadores com a posse da bola come jardas do território do Arsenal, mas é bloqueado e chega a levar três sacks (derrubada do QB atrás da linha de scrimmage) um atrás do outro. Sacks feitos por Gabriel Montagner, Juninho Queiroz e Jadson Santana. Um desses sacks (de Jadson) foi num 4º down, que o Predadores ao invés de ir para o punt, tentou descer. E o relógio apontava os últimos minutos quando o QB Alexandre Vinícius marca com corrida de Brandon. Com XP bom de Raulin Leal e placar final de 30 x 14.

 

Próximo desafio

O Cuiabá Arsenal enfrentará o Lusa Lions, o adversário mais casca grossa da Conferência Oeste, no dia 20 de agosto, com portões abertos às 16h e início da partida às 18h, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). Serão vendidos quatro mil ingressos por R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) na ala Leste Inferior. Nos pontos nas livrarias Janina (Shoppings Pantanal, Três Américas, Várzea Grande, Univag e Unic), Doctor Feet Goiabeiras e Açaí Strong. Camarotes pela UP Eventos.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros