Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 15h:20

Tamanho do texto A - A+

Cade vai revisar compra da Fox pela Disney, já que Fox Sports não foi vendida

Por: CONTEÚDO ESTADÃO

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) irá revisar a compra da Fox pela Disney, que já havia recebido o aval do órgão antitruste em fevereiro deste ano. Na ocasião, o tribunal concorrencial condicionou a aprovação do negócio à venda do canal Fox Sports, o que não ocorreu até agora.

Como a Disney também é dona da ESPN, o Cade havia determinado a venda dos ativos Fox Sports para outras empresas - com exceção do Grupo Globosat, que já detém a SporTV. O objetivo do tribunal é manter pelo menos três concorrentes independentes no segmento de canais de esportes por assinatura.

Pelo acordo firmado com o Cade em fevereiro, a Disney havia se comprometido a vender os ativos em regime de "porteira fechada" a um mesmo comprador, ou seja, em um pacote que inclui desde imóveis e equipamentos a contratos com ligas esportivas, como Libertadores da América e Copa Sul-americana. A empresa teria que repassar ainda direitos esportivos, contratos com operadoras e funcionários e licenciar, gratuitamente, a marca Fox.

Nesta quarta, o Cade reconheceu que a Disney "tem se esforçado para cumprir a determinação", mas reforçou que terá que reabrir o caso, já que a venda não foi concretizada no prazo estipulado no acordo. O caso será relatado pelo conselheiro Luis Henrique Bertolino Braido, designado por sorteio.

(Com Agência Estado)
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



Últimas Notícias