Copa Pantanal Terça-feira, 26 de Abril de 2011, 17:24 - A | A

Terça-feira, 26 de Abril de 2011, 17h:24 - A | A

DADA A LARGADA

Governador e diretores da Agecopa participam da fixação dos primeiros pilares na Arena Multiuso

Canteiro de obras é visitado e Silval verifica fábrica de pré-moldados montado pelo consórcio de empreiteiras

LUIZ ACOSTA

Marcos Negrini/Secom-MT
Governador Silval Barbosa e comitiva visitam canteiro de obras da Arena Pantanal, na Capital de Mato Grosso

O governador Silval Barbosa (PMDB) e diretoria da Agecopa  participaram na manhã desta terça-feira (26)da fixação das duas primeiras colunas de sustentação das arquibancada da Arena Pantanal, que será palco de quatro jogos da Copa do Mundo de 2014. De acordo com o chefe do governo mato-grossense “esse é o marco que dá a garantia que as obras da Arena estão dentro do cronograma".

O governador Silval Barbosa (PMDB) e diretoria da Agecopa  participaram na manhã desta terça-feira (26)da fixação das duas primeiras colunas de sustentação das arquibancada da Arena Pantanal, que será palco de quatro jogos da Copa do Mundo de 2014. De acordo com o chefe do governo mato-grossense “esse é o marco que dá a garantia que as obras da Arena estão dentro do cronograma".

Logo em seguida, Silval Barbosa, a diretoria da Agência Estadual de Execução dos Projetos da Copa do Mundo Fifa Brasil 2014 (Agecopa), além de representantes do consórcio Santa Bárbara-Mendes Júnior visitaram o canteiro de obras, principalmente a fábrica de pilares e pré-moldados, instalada dentro do canteiro. O governador foi informado de que o número de funcionários que contratados para a construção da Arena ultrapassa os 350.

O ritmo foi acelerado nos últimos dias aproveitando o início do período de estiagem. Trinta e dois caminhões estão trabalhando na finalização de terraplenagem. Além disso, duas perfuratrizes tipo Hélice Contínua estão implantando as últimas estacas de concreto moldadas no próprio canteiro de obras. Mais de 1.400 estacas já foram fixadas, de um total estimado em 1.900 até o final desta etapa de fundações.

A fábrica de pré-moldados está produzindo 30 peças diariamente, entre pilares, vigas, lajes alveolares e degraus para as arquibancadas da arena. "Neste primeiro ano de trabalho, vencemos muitos desafios e superamos dificuldades para manter Cuiabá entre as sedes mais avançadas no quesito número um que é a Arena. Agora, entramos nesta nova fase em que a população poderá acompanhar a edificação sendo erguida progressivamente”, destacou Carlos Brito.

A colocação dos primeiros pilares da superestrutura que será a Arena Multiuso marca efetivamente o início da construção da obra mais emblemática de um conjunto de legados que ficará para usufruto de toda a população no pós-Copa, avalia Brito.

Para o governador Silval Barbosa “Cuiabá está fazendo o dever de casa e não tenho dúvida de que estaremos preparados para a Copa do Mundo de 2014 antes de muitos Estados que se dizem avançados. Estamos à frente do cronograma e isso nos dá a certeza de que vamos chegar com muita tranqüilidade ao prazo final com todas as obras concluídas”, afirmou o governador.

VISTORIA TÉCNICA

Paralelamente ao evento que marcou as comemorações do primeiro ano de fundação da Agecopa, ocorreu também a primeira visita técnica das empresas que participam da concorrência pública nº 104/2011 que tem como objeto a execução das grandes intervenções de mobilidade urbana em Cuiabá e Várzea Grande – nas avenidas Fernando Correa, Miguel Sutil e da FEB. A abertura das propostas acontece no dia 10 de maio em Brasília. As obras são licitadas pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), a partir dos projetos encaminhados pela Agecopa em março de 2010.

Representantes de sete empresas interessadas no certame conheceram os locais das obras divididas em cinco lotes em Cuiabá e Várzea Grande. A visita foi acompanhada pelo superintendente em exercício do Dnit em Mato Grosso, engenheiro Orlando Fanaia, e pelo chefe de Serviços, engenheiro Luiz Antonio Garcia.

Para o diretor de Planejamento da Agecopa, Yênes Magalhães, a parceria com o Dnit é fundamental e foi viabilizada graças à colaboração das entidades do agronegócio que doaram os projetos destas intervenções à Agecopa em 2010.

“Estas trincheiras, viadutos, pontes e duplicações vão melhorar a qualidade de vida da população, melhorando a circulação de veículos e especialmente o sistema de transporte coletivo”, destacou Brito. São mais de R$ 357 milhões investidos nesta parceria entre Governo do Estado, por meio da Agecopa, e o Dnit.

VIAGEM À EUROPA

Silval Barbosa voltou a reforçar que embarca na quinta-feira (28) para a Europa, acompanhado do presidente da Agecopa, Eder Moraes, e provavelmente do presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PP), com primeira escala em Portugal e depois Espanha, onde conhecerão de perto o serviço prestado pelo VLT (Veículo Leve sobre Trilho) que deve ser escolhido para a melhoria do transporte urbano em Cuiabá e Várzea Grande, em detrimento do BRT, que foi escolhido anteriormente pelo ex-governador Blairo Maggi (PR) que deu os primeiros passos rumo à Copa do Mundo de 2014.

O próprio diretor de Comunicação e Marketing da Agecopa, ex-prefeito de Cuiabá e ex-deputado Roberto França, disse na segunda-feira à noite, no fechamento do seu programa na TV Rondon, Canal 5, “Resumo do Dia”, que a escolha de Silval deverá recair mesmo sobre o VLT, o que vale dizer que, se isso acontecer, representará mais uma vitória política do deputado José Riva (PP), defensor do VLT como modal de transporte a ser adotado na Capital mato-grossense.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros