Cidades Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011, 16:31 - A | A

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011, 16h:31 - A | A

FUGA

Três jovens aproveitam descuido e fogem do Complexo do Pomeri, em Cuiabá

Eles estavam sendo encaminhados de volta para as alas logo após atividades

Três rapazes fugiram do Centro Socioeducativo de Cuiabá, o Complexo do Pomeri, na tarde desta quinta-feira (17), no momento em que estavam sendo transferidos de alas. Os jovens são de Cuiabá, Canarana e Peixoto de Azevedo e um deles é menor de idade.

Após realizarem atividades educativas, os jovens estavam sendo escoltados para as alas e aproveitaram a presença dos poucos agentes que realizavam a transferência e dos vários reeducandos para fugirem pulando o muro da instituição.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), no momento o clima é de normalidade, após algumas medidas de segurança no que se refere aos outros reeducandos terem sido tomadas. No entanto, até agora nenhum dos fugitivos foi encontrado e seus nomes divulgados.

DECISÃO JUDICIAL

Ontem (16) a juíza da Primeira Vara da Infância e Juventude de Cuiabá, Gleide Bispo Santos, determinou, por meio de liminar, a interdição parcial do Complexo do Pomeri no bairro Planalto, na Capital.

A Juíza Gleide proibiu o ingresso de qualquer adolescente procedente de outras comarcas que não sejam de Cuiabá, inclusive de Várzea Grande. Levantamentos realizados pela Juíza Célia Vidotti, quando designada para a Vara Especializada da Infância e Juventude em 2011, apontaram que existem 145 adolescentes internos cumprindo medida socioeducativa na instituição.

Deste total, 53 são de Cuiabá, 92 oriundos do interior do estado e somente neste ano, três adolescentes internos morreram nas dependências do Complexo do Pomeri. A magistrada afirmou que os adolescentes são submetidos a tratamento desumano e descreveu as instalações como “precárias, insalubres, desprezíveis e inaceitáveis”.

Assim, a juíza Gleidi Bispo Santos determinou que os adolescentes que estiverem custodiados no bloco antigo sejam imediatamente removidos para estabelecimento adequado. (Com informações da Assessoria)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros