Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Cidades Segunda-feira, 18 de Julho de 2016, 08:44 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 18 de Julho de 2016, 08h:44 - A | A

ALERTA

Polícia Civil procura maníaco do carro preto que raptou criança para abusar sexualmente

MAX AGUIAR

A Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) está investigando um sequestro relâmpago seguido de abuso sexual contra uma menina de sete anos, que foi levada da porta de casa por um homem em um carro de cor preta e depois de duas horas foi liberada, após ser abusada sexualmente pelo maníaco. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

delegado eduardo botelho/deddica

Caso será investigado pelo delegado Eduardo Botelho da Delegacia da Criança

O caso aconteceu na manhã de domingo (17), no bairro Parque Cuiabá, na região do Coxipó. De acordo com a polícia, a mãe denunciou o sumiço da menina por volta das 10h e os policiais localizaram a criança ao meio-dia. A família reside no bairro Parque Atalaia.  

 

Conforme a menina, o homem passou de carro e obrigou a menina entrar em seu carro e a levou para uma casa, que ela não soube explicar o endereço. Na residência, a criança contou que ele tirou suas roupas e, em seguida, tirou fotos com um celular e por último ele tocou suas partes íntimas. 

 

Após o abuso sexual, o homem colocou a garota no carro e a deixou nas proximidades de sua casa.

 

Quando os policiais localizaram a criança, que é filha de pais peruanos, saíram em rondas com ela, mas não localizaram o carro nem o suspeito. A menina, juntamente com seus responsáveis, foram levados para a Central de Flagrantes, onde conseguiram registrar um boletim de ocorrência e repassaram o caso para ser investigado na Polícia Civil.

 

Os policiais já desconfiam de um maníaco do carro preto na região. Esse é o segundo caso de abuso sexual contra criança na região. Um caso com os mesmos modus operandi aconteceu no Parque Cuiabá e o pedófilo não foi identificado.  

 

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros