Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Cidades Domingo, 17 de Abril de 2016, 17:32 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 17 de Abril de 2016, 17h:32 - A | A

DIA HISTÓRICO

Petistas acompanham votação do impeachment na CUT: "Não vai ter golpe, vai ter luta"

MAX AGUIAR

“A presidenta Dilma não cometeu nenhum crime. Estão acusando de algo que não existe”. Essa é a fala do presidente do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso, William Sampaio, que acompanha a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff ao lado de 50 correligionários na Central Única dos Trabalhadores, em Cuiabá.

 

Alan Cosme / HiperNotícias

cut impeachment

Sampaio diz que não houve crime e "não haverá golpe"

Em uma festa regada a churrasco e bebida, os petistas são contra e falam em golpe, quando o assunto é impeachment.

 

“Não vai ter golpe. Vai ter luta. Estão fazendo um manifesto que não existe. A presidente não cometeu crime”, disse.

 

Vestidos de vermelho e com muita esperança de que o impeachment não aconteça, os militantes do PT disseram que o número de pessoas em Cuiabá na CUT não representa o que o povo quer, pois o povo votou pela Dilma.

 

“Votaram nela e querem tirar ela? Não existe. Tem que ganhar eleição. Isso é golpe. Estão acusando de algo que não existe. Precisam explicar primeiro o que é crime de responsabilidade. Isso nem existe”, frisou o professor Robson Sireia.

 

A festa na CUT deve continuar até o fim dos votos. “Sabemos que vamos conseguir. Se não conseguir, vou lembrar que o Temer vem aí. O PMDB não sabe o que é governar”, concluiu William Sampaio. 

Alan Cosme / HiperNotícias

cut impeachment

 

Alan Cosme / HiperNotícias

cut impeachment

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros