Domingo, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Cidades Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 15:24 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 15h:24 - A | A

FORMALIZADO

Parque Nacional de Chapada dos Guimarães é o mais novo concessionado da Parquetur

Consórcio Parques FIP administrará o uso público do parque por 30 anos

DA REDAÇÃO

Foi assinado o contrato que oficializa a concessão do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães à Parquetur, empresa que é  administradora do uso público de parques naturais. O leilão havia sido vencido pela Parquetur em dezembro de 2023 e aguardava a formalização.

Participaram da cerimônia de assinatura em Brasília a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva; a diretora socioambiental do BNDES, Tereza Campello; o presidente do ICMBio, Mauro Pires; os cofundadores da Parquetur, Claudio Pádua e Plinio Ribeiro (que também é presidente do Conselho da Parquetur); e Pedro Cleto, diretor-executivo da Parquetur.

“Esta é uma conquista extremamente importante para a Parquetur e será uma honra para nós contar com o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães no nosso portfólio”, afirma Pedro Cleto, diretor-executivo da Parquetur. “Não se trata apenas de mais um parque, mas de um parque nacional que tem muita relevância no cenário natural e na biodiversidade do Brasil, dono de uma beleza sem igual, com formações rochosas impressionantes. Estamos desde já empenhados e nos preparando para administrar o uso público desta verdadeira joia brasileira.”

Com a nova aquisição, a Parquetur se firma como uma das maiores concessionárias do setor de parques naturais no Brasil. De acordo com o edital, já estão previstas as áreas de visitação onde a Parquetur atuará, como a região do Véu de Noiva, São Jerônimo e Rio Claro. A previsão é de que seja feita a manutenção de trilhas, além da construção dos serviços de alimentação, da renovação da sinalização e da implantação de um serviço de transporte interno e de um centro de visitantes com exposição permanente. O investimento inicial será de R$ 18,5 milhões.

Cabe ressaltar que, em contratos de concessão como este, a gestão dos parques como um todo é de responsabilidade do poder concedente; no caso do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, o poder concedente é o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). Na prática, isto significa que todas as concessões contam com um plano de manejo a ser seguido pelo concessionário e que o que não estiver previsto neste plano, como a instalação de uma nova atração, por exemplo, deverá ser aprovado previamente pelo poder concedente.

Criado em 12 de abril de 1989, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães está localizado entre os municípios de Cuiabá e a Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso. Trata-se de uma área com 32.630 hectares, responsável por proteger boa parte do ecossistema local e, com isso, prezar pela segurança dos recursos naturais e sítios arqueológicos da região.

Um de seus grandes atrativos diz respeito às suas formações geológicas, assim como às suas áreas de origem marinha e desértica. Inclusive, é exatamente por conta dessas características que a Chapada dos Guimarães é conhecida por já ter sido "mar e deserto" ao longo da história.

O parque abriga algumas nascentes dos rios formadores do Pantanal, que também contribuem para o abastecimento de água da população da cidade, e 659 espécies de vegetais, 242 de aves, 76 de mamíferos e 44 de peixes ao todo. Além disso, ao caminhar pelos seus trajetos, é possível se deparar com belezas únicas, contemplando toda a fauna e a flora originárias do Cerrado.

Entre seus principais atrativos, estão Véu de Noiva, Circuito das Cachoeiras, Casa da Pedra, Morro de São Jerônimo, Cidade de Pedra e Vale do Rio Claro. Suas paisagens únicas e seus sítios arqueológicos remontam à história do povoamento da região. Em 2000, foi declarado como Reserva da Biosfera do Pantanal.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros