Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Cidades Terça-feira, 23 de Agosto de 2016, 11:16 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 23 de Agosto de 2016, 11h:16 - A | A

DUPLO HOMICÍDIO

Pai e filho levaram mais de 20 tiros em emboscada às margens da BR-364

MAX AGUIAR

O duplo homicídio que ocorreu na tarde de segunda-feira (22), às margens da BR-364, próximo ao Distrito Industrial é tratado pela Polícia Civil como uma possível emboscada. As vítimas, pai e filho, estavam em Cuiabá para arrumar uma câmara fria de um caminhão quando foram executados por dois homens que usaram armas de calibres diferentes.

 

 

Marcus Mesquita/MidiaNews

DHPP

 

O crime ocorreu por volta das 15h30, na entrada de Cuiabá. Segundo o delegado Marcelo Jardim, da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Carlos Gonçalves da Silva, 51 anos, e seu filho Carlos Guimarães da Silva, 22, foram baleados enquanto atravessavam a rodovia.

 

Eles receberam um telefonema e ao atravessar a pista foram abordados por dois homens em uma moto em que, modelo alta, onde dois homens sacaram duas pistolas, sendo uma ponto 40 e outra 9 mm, e atiraram.

 

Ao total, segundo o delegado, mais de vinte tiros foram disparados, sendo Carlos Gonçalves levou 14 tiros, a maioria no tórax e cabeça. Já o filho levou sete. Os dois tiveram morte instantânea.

 

“Eles estavam aguardando alguém e foram mortos ao atravessar a pista. Dois homens em uma moto passaram e executaram. Eles vieram para Cuiabá arrumar uma câmara fria e logo após um telefonema foram executados. Foram vítimas de possível emboscada,  por enquanto, o que sabemos é que foram dois atiradores que receberam apoio de outros homens em um carro”, explicou Marcelo Jardim.

 

 

O corpo de Carlos Gonçalves e Carlos Guimarães foram levados ao IML de Cuiabá e nesta madrugada transladado para Rondonópolis, onde residem a vítima. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros