Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

Cidades Segunda-feira, 11 de Julho de 2022, 17:21 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 11 de Julho de 2022, 17h:21 - A | A

4,1 MIL NOVOS CASOS

Mato Grosso contabiliza 16 vitimas fatais da covid-19 no último fim de semana

Dos 786.857 casos confirmados da covid-19 em Mato Grosso, 14.871 estão em isolamento domiciliar e 756.194 estão recuperados

Da Redação

Nas últimas 48 horas, Mato Grosso registrou 16 mortes por covid-19. Segundo os dados acumulados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) até a tarde desta segunda-feira (11), são 15.055 vidas perdidas para a doença no Estado. Já o número de casos de coronavírus saltou para 786.857, isto é, 4,1 mil a mais do que na última sexta-feira. 

Dos 786.857 casos confirmados da covid-19 em Mato Grosso, 14.871 estão em isolamento domiciliar e 756.194 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a covid-19, há 71 internações em UTIs públicas e 63 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 79,78% para UTIs adulto e em 13% para enfermaria adulto.

Os dez municípios com maior número de casos de covid-19 são Cuiabá (137.409), Várzea Grande (54.080), Rondonópolis (44.356), Sinop (35.821), Tangará da Serra (25.772), Lucas do Rio Verde (25.005), Primavera do Leste (23.720), Sorriso (23.612),  Cáceres (18.746) e Alta Floresta (17.571).

CENÁRIO NACIONAL

No domingo (10), o governo federal confirmou o total de 32.896.464 casos de covid-19 no Brasil e 673.610 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não havia divulgado os dados atualizados desta segunda-feira (11).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros