Cidades Sexta-feira, 22 de Julho de 2011, 02:03 - A | A

Sexta-feira, 22 de Julho de 2011, 02h:03 - A | A

VIOLÊNCIA

Jornalista Auro Ida é assassinado em Cuiabá com 10 tiros de pistola

Crime aconteceu na bairro Jardim Fortaleza, na região do Tijucal, onde a vítima estava em uma casa; morte pode ter tido motivação passional

DA REDAÇÃO

O jornalista Auro Ida, 48 anos, foi assassinado no início da madrugada desta sexta-feira (22) com10 tiros de pistola dentro de uma casa no bairro Jardim Fortaleza, perto do Tijucal, na periferia de Cuiabá. As primeiras informações da Polícia Militar dão conta que ele conversava com uma mulher, quando um homem chegou e disparou e atingiu Auro, que teve morte instantânea.

Até por volta de 2 horas da madrugada desta sexta-feira, as polícias militar civil não tinham informações precisas sobre quem matou o jornalista, mas as primeiras investigações apontam para crime passional (motivado pela paixão).

Auro Ida foi repórter de política do jornal A Gazeta por duas vezes em épocas distintas.

Auro também exerceu por duas vezes o cargo de secretário de Comunicação do então prefeito de Cuiabá Roberto França (1996-2004). Depois retornou ao jornal A Gazeta, onde se desligou em 2010 para trabalhar na campanha do governador Silval Barbosa, reeleito em outubro de 2010.

Por volta das 2h da madrugada o corpo foi levado para exame de necropsia no Instituto de Medicina Legal de Cuiabá.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros