Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Cidades Terça-feira, 12 de Abril de 2016, 08:04 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 12 de Abril de 2016, 08h:04 - A | A

VIOLÊNCIA SEM FIM

Idosa de 62 anos e seu filho são espancados em assalto no Dr. Fábio

MAX AGUIAR

Um caso brutal aconteceu na noite de segunda-feira (11), no bairro Doutor Fábio, em Cuiabá. Uma idosa de 62 anos e seu filho, de 24, foram espancados a pauladas por bandidos que assaltavam a residência da família. Além de agredir as vítimas, a dupla de bandidos ainda atirou dentro da casa e ameaçou matá-los caso reagissem. 

 

internauta

assalto com refem no industriario

Policiais foram até o local do crime e fizeram rondas pela região, mas ninguém foi preso

O caso aconteceu às 22h, segundo relatos da Polícia Militar. Um rapaz de 15 anos, que foi reconhecido por uma das vítimas como morador da região, chegou armado junto com um comparsa.

 

Muito agressivos, os bandidos já anunciaram o assalto. Nesse momento o rapaz de 24 anos tentou reagir e entrou em luta corporal com o criminoso, que atirou duas vezes para assustá-lo e ainda o espancou com um pedaço de madeira. A mãe do rapaz também foi espancada.

 

Na fuga, os criminosos levaram apenas o celular que pertencia ao filho da idosa e disseram que iriam voltar para matar todos da casa se contassem à polícia sobre o ocorrido. 

 

Sabendo que um dos ladrões era morador da região, a vítima denunciou o caso e rapidamente os policiais chegaram na residência.

 

Os PMs foram até a casa do possível bandido, um adolescente de 15 anos, mas lá encontraram apenas o avô do adolescente, que disse que o menor já não morava mais ali. Buscas foram feitas pela região, mas os suspeitos não foram localizados.

 

O caso deve ser acompanhado pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Cuiabá. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Carlos Nunes 12/04/2016

Tem muitos dependentes químicos circulando em Cuiabá, a maioria do Crack...eles são perigosos, pois quando querem comprar a droga e não tem dinheiro, viram bestas-feras, avançam e assaltam. Ser brincar dão uma surra, como aconteceu nessa reportagem, e até matam. A polícia devia fazer ficha de cada um deles, verificar Quem é Quem, se alguém já tem passagem policial é mais perigoso. Tudo isso seria uma política preventiva - quando eles vem com o milho, a polícia já tem que ir com a farinha de milho pronta, pelo menos 10 passos na frente deles. Vai fazer a ficha quando? Depois que já tiverem matado alguém? Aí em casa de porta arrombada, não adianta colocar tranca nova. Deviam ter colocado a tranca antes. O cidadão de bem tem que ser protegido.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros