Cidades Sábado, 24 de Setembro de 2011, 17:34 - A | A

Sábado, 24 de Setembro de 2011, 17h:34 - A | A

VIOLÊNCIA

Governo brasileiro pede desculpas a Guiné-Bissau pela morte de estudante

Ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, apresenta formalmente em Nova York, em nome do Governo brasileiro, nota de desculpas ao chanceler daquele país pela violência cometida contra africano morto em Cuiabá

FOLHA DE S.PAULO

Mayke Toscano/Hipernotícias

Delegado Antônio Esperândio, da DHPP, indiciou os policiais militares e empresários pelo assassinato do estudante africano

O governo brasileiro apresentou neste sábado (24) um pedido formal de desculpas a representantes do governo da Guiné-Bissau em razão do episódio de espancamento e morte do estudante Toni Bernardo da Silva, 27, ocorrido na última quinta-feira (22) em Cuiabá.

"O ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, apresentou pessoalmente, hoje, em Nova York, ao Embaixador Adelino Mano Queta, Chanceler em exercício e futuro Ministro da Justiça de Guiné-Bissau, em nome do Governo brasileiro, pedido de desculpas pela violência cometida contra o estudante bissauense", diz uma nota encaminhada à imprensa.

O governo disse "lamentar profundamente" o ocorrido e manifestou "condolências à família do estudante" e "repúdio a toda forma de violência". "As responsabilidades pelo crime serão devidamente apuradas", diz a nota.

Ex-integrante de um programa de intercâmbio estudantil (do qual fazia parte até fevereiro deste ano), Toni morava no Brasil desde 2005 e chegou a cursar Economia na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso).

Segundo a Polícia Civil, o estudante morreu após ser agredido com socos e pontapés por dois policiais e um empresário dentro de uma pizzaria nas proximidades da UFMT. Presos em flagrante, os suspeitos foram indiciados por homicídio doloso.

À polícia todos disseram que apenas tentaram imobilizar a vítima, que parecia estar "embriagada ou sob efeito de drogas".

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

xico doido 24/09/2011

Nem isso o Governo de MT fez. Tomara que siga o mesmo exemplo. Que esse caso não fique igual ao do Auro Ida.

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros