Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 16h:50

Tamanho do texto A - A+

Curso abre 80 vagas para formação em história do povo negro em MT

Por: REDAÇÃO

 

A Superintendência do Arquivo Público de Mato Grosso ofertará 80 vagas para um curso de formação em história do povo negro no estado. Com inscrição gratuita, o evento será realizado entre os dias 21 e 22 deste mês, no auditório do Arquivo Público, em Cuiabá.

Reprodução

princesa Nzinga

 Representação da princesa Nzinga Mbande Cakombe

A programação do curso conta com 20 horas, comprovadas por meio de certificação da Escola do Governo, que discorrerá sobre o quilombo dos Palmares, as fontes documentais para o ensino da história dos negros no estado e painéis de debate sobre empreendedoras negras em Mato Grosso.

O evento é realizado pela Superintendência, em conjunto com a Secretaria de Estado de Planejamento (Seplag) e pela Coordenadoria de Formação da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá.

O público alvo das formações são os professores da rede municipal de ensino em Cuiabá. Contudo, os demais interessados na temática das relações raciais também podem participar das atividades – que são disponibilizadas de forma limitada e gratuita.

A programação do curso será concluída por meio de encontros realizados pela manhã e tarde dos dias 21 e 22. As atividades darão ênfase no protagonismo feminino na luta contra a escravidão e apresentarão as mais recentes pesquisas sobre a História da África em Mato Grosso.

Programação

Dia 21

Atividade às 08h: O quilombo de Palmares e a História afro-brasileiras: fontes e seus usos em sala de aula. Curso será ministrado pelo professor doutor Renilson Rosa Ribeiro – UFMT.

Atividade às 10h: Fontes documentais para o ensino da História dos Negros em Mato Grosso -com visita guiada no arquivo com a professora doutora Vanda da Silva, Superintendente do Arquivo Público de Mato Grosso – com visita guiada ao Arquivo Público e a presença de Hilário Noriyuki Teruya, Especialista em Gestão de Arquivos.

Atividade às 13h: A igreja dos Pretos Nossa Sra. do Rosário e São Benedito Ensino e Educação Patrimonial – aula de campo na Igreja com a professora mestra pela UFMT Leila Borges de Lacerda.

Atividade às 15h30: A Igreja dos Pardos de Nossa Sra. da Boa Morte de 1810 com o professor mestre Suelme E. Fernandes.

Dia 22

Atividade às 08h: A igreja dos Pretos Nossa Sra. do Rosário e São Benedito Ensino e Educação Patrimonial – aula de campo na Igreja com a professora mestra da UFMT Leila Borges de Lacerda.

Atividade às 10h: A Igreja dos Pardos de Nossa Sra. da Boa Morte de 1810 com a presença do professor mestre Suelme E. Fernandes.

Atividade às 13h: painel de debates sobre

“As Empreendedoras negras de Mato Grosso no Séc. XIX: mulheres negras em cena” com a professora doutora Silviane Ramos Lopes da Silva, do Coletivo Herdeiras do Quariterê. A Cuiabá oitocentista e suas mulheres negras extraordinárias com o doutor Antuérpio Dias Pereira e a mediadora Vanda da Silva.

Atividade às 15h30: Fontes documentais para o ensino da História dos Negros em Mato Grosso -com visita guiada no arquivo com a professora doutora Vanda da Silva, Superintendente do Arquivo Público de Mato Grosso, e Hilário Noriyuki Teruya, Especialista em Gestão de Arquivos.

As inscrições para o curso podem ser realizadas aqui.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei