Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 21h:45

Tamanho do texto A - A+

Com 1.617 novos casos de Covid-19, restam apenas 4 leitos de UTI disponíveis em Mato Grosso

Por: REDAÇÃO

A taxa de ocupação das UTIs dedicadas ao tratamento do coronavírus em Mato Grosso alcançou 98,4% nesta quinta-feira (09), isto é, só restam 4 leitos intensivos em todo o Estado. O índice alarmante também é acompanhado de um novo recorde de aumento diário no número de casos, sendo que a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) confirmou 1.617 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o Estado acumula 26.396 infectados, sendo registrados 961 óbitos devido à doença. 

Reprodução Grupo Abril

coronavirus medicos

 

As 40 mortes mais recentes envolveram residentes de Cuiabá, Pontes e Lacerda, Várzea Grande, Sinop, Alta Floresta, Poconé, Rondonópolis, Nossa Senhora do Livramento, Campinápolis, Cáceres, Poxoréu, Campo Novo do Parecis, Porto Esperidião, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Colíder. 

A morte mais antiga foi registrada no dia 05 de junho, no município de Alta Floresta. Ainda constam no boletim mais recente outras três mortes de junho, seguidas de outras três que aconteceram entre os dias 04 e 06 de julho. Da última terça-feira (07), foram incluídas às estatísticas do Estado cinco vítimas fatais do coronavírus. Da última quarta-feira (08) foram notificadas mais 15 mortes. 13 pessoas perderam a vida para a Covid-19 nesta quinta-feira (09). 

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (5.920), Rondonópolis (1.973), Várzea Grande (1.964), Sorriso (1.192), Lucas do Rio Verde (1.131),  Tangará da Serra (1.027), Primavera do Leste (1.004), Sinop (800), Nova Mutum (655), Pontes e Lacerda (608), Campo Verde (472), Cáceres (455), Colíder (368), Barra do Garças (352), Confresa (349), Sapezal (327), Campo Novo do Parecis (325), Querência (292), Peixoto de Azevedo (288) e Matupá (272). 

Nas últimas 24 horas, surgiram 1.617 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas 25 ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, três casos anteriormente notificados em Tangará da Serra foram reposicionados para Nova Marilândia; e outro de Cuiabá foi corrigido para Várzea Grande. As mudanças consideraram o município de residência dos pacientes.

Dos 26.396 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.036 estão em isolamento domiciliar e 11.660 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 240 internações em UTI e 381 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,4% para UTIs e em 55,9% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,7% masculino; além disso, 7.073 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 27.455 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.398 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. 

Cenário nacional

Nesta quinta-feira (09), o Governo Federal confirmou 1.755.779 casos da Covid-19 no Brasil e 69.184 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 67.964 óbitos e 1.713.160 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1







Mais Comentadas