Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Brasil Terça-feira, 17 de Maio de 2016, 09:41 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 17 de Maio de 2016, 09h:41 - A | A

GOVERNO TEMER

Tamanho do SUS precisa ser revisto, diz novo ministro da Saúde

O novo ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), afirmou nesta segunda-feira que, em algum momento, o país não conseguirá mais sustentar todos os direitos que a Constituição garante, como o acesso universal à saúde, e será preciso revê-los. As informações são do jornal Folha de S.Paulo

 

Lucio Bernardo Junior / Divulgação

Ricardo Barros

 

Relator do Orçamento de 2016 na Câmara, Barros comentou que não há capacidade financeira suficiente que permita suprir todas as garantias dos cidadãos. 

 

— Vamos ter que repactuar, como aconteceu na Grécia, que cortou as aposentadorias, e em outros países que tiveram que repactuar as obrigações do Estado porque ele não tinha mais capacidade de sustentá-las — avaliou o ministro. 

 

Além disso, ao ser questionado sobre como pretende evitar fraudes na área da saúde, o ministro destacou que serão revistos protocolos e criados grupos de trabalho. 

 

— Vários especialistas já me reafirmaram que alguns protocolos que estabelecemos para tratar determinadas doenças não são os mais eficazes e nem os mais baratos. Vamos rever isso para que tenha a melhor eficiência e o melhor gasto para o usuário — garantiu. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros