Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Política Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2016, 16:06 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2016, 16h:06 - A | A

DISPUTA SEM FIM

Wilson diz que ação de impugnação contra Emanuel é apenas "resquício de campanha"

PABLO RODRIGO

O secretário de Estado de Cidades (Secid), Wilson Santos, que perdeu a eleição à Prefeitura de Cuiabá em outubro passado, disse que a ação judicial pedindo a impugnação da chapa encabeçada pelo prefeito eleito Emanuel Pinheiro (PMDB) são "resquícios" de campanha eleitoral e não deverá impedir a posse do peemedebista no dia 1º de janeiro.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

wilson santos

 

O pedido foi feito pelo próprio tucano. "Essa ação foi movida antes da conclusão das eleições.Depois da eleição não movi nada, nem comentar estou comentando, mas acredito que a ação não será empecilho. O povo já escolheu. É claro que a decisão é da Justiça Eleitoral", disse Wilson Santos.

 

O secretário também garantiu que o prefeito eleito terá todo apoio da Secid durante o período em que comandar a Pasta.

 

"Eu ficarei na Secid até o dia 31 de março de 2017. Depois deixo o cargo para disputar a reeleição para deputado estadual. Enquanto estiver a frente da secretaria, ela terá portas abertas. O governador Pedro Taques (PSDB) determinou que eu ajude Cuiabá no que for preciso", afirmou.

 

Wilson Santos também informou que o prefeito Emanuel Pinheiro terá espaço dentro da equipe da Secid que retomará as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). "Assim que retomarmos as obras do VLT o prefeito Emanuel Pinheiro terá um espaço na equipe que coordenará as obras. Ele poderá indicar um nome para compor essa equipe", explicou.

 

Já sobre a relação pessoal entre os dois, Wilson disse que após o encerramento das eleições, da parte dele, não existe nenhuma mágoa ou rancor.

 

"A eleição acabou e o povo decidiu que o prefeito de Cuiabá pelos próximos quatro anos será Emanuel Pinheiro. Na parte institucional serei um parceiro para toda hora. Agora na questão pessoal, irá depender dele, se me quer como amigo ou não", disse.

 

Desde que terminou o segundo turno das eleições, o prefeito eleito Emanuel Pinheiro (PMDB) disse que ficaram muitas mágoas por conta do envolvimento de familiares em acusações e ataques.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros