Política Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 16:15 - A | A

Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 16h:15 - A | A

INDEFINIÇÃO

Federação adia anúncio para convencer Márcia Pinheiro a disputar governo de MT

Adiamento se deu em virtude da definitiva desistência de Carlos Fávaro de ser o candidato ao Paiaguás. Cúpula formada por PT-PCdoB e PV ainda quer agregar mais partidos

RAFAEL COSTA
Do Local

Davi Valle

image

A federação formada pelo PT-PCdoB e PV, que recentemente ganhou a adesão de PSD e PSB, adiou o anúncio oficial da candidatura de oposição ao governo do Estado, bem como dos suplentes que irão compor a chapa ao Senado do deputado federal Neri Geller. Inicialmente, uma coletiva de imprensa estava marcada para as 15h desta quarta-feira (3), no Hotel Deville em Cuiabá.

Entretanto, ao chegar no local, a imprensa foi surpreendida com a informação do presidente do diretório estadual do PV, vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa, e do dirigente nacional do PV, secretário municipal de Cultura, Aluísio Leite, de que anúncio foi adiado em consenso dos partidos. 

O motivo: com a desistência em definitivo do senador Carlos Fávaro em concorrer ao governo do Estado. O grupo político trabalha para convencer a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, a entrar na disputa.

"É a opção número 1 do nosso grupo. A primeira-dama está discutindo com a família a possibilidade de ser candidata. Estamos numa fase de convencimento e confiante de que ela será nossa candidata ao governo", declarou Stopa.

Aluízio Leite ainda declarou que uma das prioridades nesta reta final de articulações partidárias é agregar legendas ao palanque da oposição. 

"Estamos dialogando com PSDB, Cidadania, Solidariedade e outros partidos dispostos a construir um novo projeto para Mato Grosso", destacou.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

José Raul Vilá Neto 03/08/2022

ESTÃO MAIS PERDIDOS QUE CEGO EM TIROTEIO.

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros