Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Política Sexta-feira, 15 de Julho de 2022, 09:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 15 de Julho de 2022, 09h:30 - A | A

ELEIÇÕES 2022

Emanuel aponta que aliança com Márcia já garante bons resultados a Neri

Segundo o prefeito, pesquisas internas apontam Neri empatando com Fagundes na Baixada Cuiabana

ALEXANDRA LOPES
Da Redação

Na avaliação do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), o nome da esposa, Márcia Pinheiro (PV), atrelado ao do pré-candidato ao Senado Neri Geller (PP), já estaria contemplando bons resultados ao projeto político do deputado federal, destacando empate com o senador Wellington Fagundes (PL) nas pesquisas internas realizadas por toda Baixada Cuiabana. A declaração do emedebista foi dada à imprensa na tarde desta quinta-feira (14), após evento de  lançamento do IPTU Sustentável.

“Só essa aliança dele convidando a primeira-dama Márcia Pinheiro para ser primeira suplente, aqui na Baixada Cuiabana, praticamente já embolou com o senador Wellington Fagundes. Isso mostra a força da nossa gestão, a popularidade do nosso trabalho”, declarou Emanuel.

Neri e o prefeito se reuniram na manhã de quinta para o alinhamento dessa aliança. Segundo o gestor, uma vez consolidado o projeto, faltaria apenas fechar questão no diz respeito a segunda suplência, candidato a governador e vice. Nesse sentido, informou que participaria de uma reunião com membros da Federação Brasil da Esperança (PT, PV, PCdoB), ainda na quinta-feira.

Vale destacar que na última terça-feira, Neri Geller se reuniu com representantes da Federação Brasil da Esperança, em Brasília, para bater martelo quanto ao apoio. Márcia participou do encontro. Segundo Neri, o objetivo principal da aproximação é quebrar a resistência do agronegócio perante o ex-presidente Lula, que volta à corrida presidencial neste ano.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros