Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Política Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016, 15:47 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016, 15h:47 - A | A

RUMO AO CONSENSO

Base de Emanuel ainda tenta articular chapa à Mesa Diretora

RENAN MARCEL

Um grupo de 11 vereadores se reúne na noite desta terça-feira (27) para bater o martelo sobre a substituição de Misael Galvão (PSB) na disputa pela Mesa Diretora.

 

Misael desistiu do páreo na semana passada, por conta da dificuldade de agregar novos apoiadores ao projeto.

 

assessoria

Juca do Guaraná

 

No grupo, três parlamentares eleitos são cotados para substituí-lo e tentar a presidência da Câmara de Cuiabá: Juca do Guaraná (PT do B), Lilo Pinheiro (PRP) e Paulo Araújo (PP).

 

A definição deve ocorrer nesta terça.

 

Como Juca, Lilo e Paulo Araújo são da base do prefeito, a estratégia é buscar os outos membros da base que declararam apoio ao vereador Justino Malheiros (PV), cuja candidatura é sustentada por 13 parlamentares.

 

No entanto, ao mesmo tempo em que tentam articular uma candidatura à presidência, para enfrentar Malheiros, há quem defenda dentro do grupo dos 11 a construção de uma chapa de consenso.

 

É o caso do vereador Juca do Guaraná, que não descarta a participação na composição da Mesa em outro cargo, como a primeira-secretaria. “Tudo é válido e faz parte do processo. Eu defendo a chapa de consenso”, disse ao telefone. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros