Sexta-feira, 19 de Abril de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,25
euro R$ 5,59
libra R$ 5,59

00:00:00

image
ae7b65557f584ffa666eb2a35ce5142f.png
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,25
euro R$ 5,59
libra R$ 5,59

Polícia Terça-feira, 15 de Agosto de 2023, 11:20 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 15 de Agosto de 2023, 11h:20 - A | A

SOCOS E CHUTES

Vídeos mostram criminosos surrando comerciantes ao cobrar dívidas com agiotas em Cuiabá; veja

Nos casos registrados, não houve até o momento o registro de ocorrências por parte das vítimas

THIAGO STOFEL
Da Redação

Vídeos que vêm circulando nas redes sociais mostram um grupo espancando supostos comerciantes, em Cuiabá. As agressões estariam acontecendo durante a cobrança de dívidas com agiotas. Em um dos casos, ocorrido no dia 5 de maio deste ano, a vítima é espancada por três homens.

Nas imagens, o homem é agredido com tapas, socos e pontapés enquanto é açoitado com um chicote pelos criminosos, que o cercam em um estacionamento. De acordo com informações preliminares, o rapaz é do setor de joias.

Segundo a ocorrência, a vítima foi sequestrada pelos cobradores com intuito de cobrar uma dívida de seu pai. Ele foi sequestrado e mantido em cárcere privado e os bandidos exigiam uma grande quantia em dinheiro para que ele fosse libertado.

O pai da vítima acionou a polícia que, durante abordagem em um ponto de encontro para onde os suspeitos exigiam que fosse levado o dinheiro, a vítima foi libertada. 

OUTRO CASO

Já em outro vídeo, os suspeitos invadem o escritório de uma empresa para fazer cobranças, proferindo ameaças diretas a um empresário, supostamente de Cuiabá.

No vídeo, um dos criminosos está armado com um grande pedaço de madeira, que ele usa para ameaçar a vítima, dizendo que ele tem até 30 minutos para fazer o dinheiro “aparecer”.

O HNT entrou em contato com a assessoria da Polícia Civil, mas, devido à falta de informações sobre a data da ocorrência e nome da vítima, não foi possível localizar se houve registro policial por parte da vítima. 

VEJA VÍDEOS 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Breno 17/08/2023

Esses têm relacionamento com a polícia, trânsito livre.

positivo
0
negativo
0

marcos 15/08/2023

O Pior lugar para se pegar dinheiro.

positivo
0
negativo
0

Leocadio 15/08/2023

Tomara que a polícia tenha dado a esses marginais tratamento semelhante.

positivo
0
negativo
0

3 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros