Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Polícia Quarta-feira, 14 de Setembro de 2022, 10:19 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 14 de Setembro de 2022, 10h:19 - A | A

BLOQUEIO DE R$ 280 MIL

Polícia prende dupla que ostentava em festas com dinheiro recebido em golpes

Segundo as investigações da Delegacia de Estelionato, investigados aplicaram golpes em diversas vítimas que alugaram ou venderam veículos, caminhões e grãos aos suspeitos

DA REDAÇÃO

Dois homens envolvidos na prática de estelionato, que ostentavam vida de luxo em festas e fotos divulgadas em redes sociais, tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Civil nesta terça-feira (13), em operação deflagrada pela Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes de Cuiabá.

Reprodução

Dinheiro

 

Além dos dois mandados de prisão preventiva, a operação deu cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar e bloqueio de contas bancárias em desfavor dos dois suspeitos. Foi solicitado o bloqueio de R$ 280 mil das contas em razão dos prejuízos causados às vítimas.

Segundo as investigações da Delegacia de Estelionato, os investigados aplicaram golpes em diversas vítimas que alugaram ou venderam veículos, caminhões e grãos aos suspeitos.

No entanto, eles só pagavam o valor da entrada e depois fugiam com os veículos, sem quitar o restante do valor e sem deixar pistas do paradeiro dos bens adquiridos.

Além de aplicar os golpes contra as vítimas, os suspeitos ostentavam uma vida de luxo, frequentando festas e esbanjando maços de dinheiro em fotos nas redes sociais.

Diante das informações passadas pelas vítimas e das apurações realizadas pela Polícia Civil, a delegada Judá Marcondes representou pelas ordens judiciais, que foram deferidas pelo Poder Judiciário.

Os suspeitos foram colocados à disposição da Justiça.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros