Terça-feira, 16 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,94
libra R$ 5,94

Polícia Terça-feira, 01 de Novembro de 2022, 09:38 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 01 de Novembro de 2022, 09h:38 - A | A

BRIGA DE FACÇÕES

Membros do CV sequestram três pessoas supostamente envolvidas com facção rival

Uma das jovens acabou encontrada morta em uma fazenda nesta terça-feira; a outra estava ensanguentada, ferida à bala

AMANDA DIVINA
Da Redação

 

Três integrantes da facção criminosa Comando Vermelho invadiram uma residência e sequestraram um homem e duas mulheres na noite de segunda-feira (31), em Arenápolis (a 232 km de Cuiabá). Uma das jovens acabou sendo encontrada morta em uma fazenda nesta terça-feira (1º) e a outra estava ensanguentada.

Reprodução

comando vermelho

Reprodução

De acordo com o boletim de ocorrência, os criminosos invadiram a propriedade por volta das 20h30 e colocaram as vítimas dentro de um carro.

Em seguida, eles foram levados até a estrada do São Francisco, próximo ao lixão no município de Nortelândia, onde seriam assassinados.

Os criminosos pararam o veículo e levaram as duas jovens para um pasto, onde foram baleadas. Uma delas morreu e a outra ficou bastante ferida.

O homem permaneceu amarrado na estrada até que conseguiu afrouxar a corda e fugir e procurou a delegacia de polícia para comunicar os fatos.

O motivo do sequestro seria porque uma das mulheres tinha postado uma foto na rede social, supostamente fazendo sinais referentes a uma facção criminosa rival.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros