Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 16h:12

Tamanho do texto A - A+

Detentos isolados na PCE apresentam melhoras; um confessa que mentiu

Por: LUIS VINICIUS

Conforme foi divulgado em primeira mão pelo HNT/HiperNotícias, três detentos da Penitenciária Central do Estado (PCE) continuam isolados por apresentarem sintomas da Covid-19, o coronavírus. No entanto, informações obtidas pela reportagem na tarde desta quinta-feira (26), apontam que os presidiários apresentaram melhoras no quadro de saúde e um confessou que mentiu para tentar ser agraciado com a prisão domiciliar.

pce

 A Penitenciária Central do Estado (PCE) conta com aproximadamente 2.500 detentos

A avaliação foi feita pela equipe médica da unidade que apontou que os detentos não apresentam mais tosse e nem febre como haviam relatado anteriormente. Porém, mesmo diante da melhora, os presidiários continuam isolados dos demais reeducandos aguardando o exame oficial por parte de Secretaria de Estado de Saúde (SES). O laudo apontará se eles foram contaminados com o vírus.

Caso for comprovado que realmente o detento mentiu sobre o estado de saúde, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) deverá abrir um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) contra o infrator da lei. Os nomes dos envolvidos não foram informados.

Os agentes suspeitam que o detento tenha mentido após o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomendar aos juízes para avaliarem a concessão de saída antecipada aos detentos do grupo de risco para evitar a propagação da Covid-19 no sistema penitenciário e socioeducativo. 

Os detentos isolados são os chamados “amarelinhos”, que são aqueles que possuem bom comportamento e são os responsáveis pelos serviços essenciais dentro da penitenciária.

“Esses reeducandos que foram separados estão com sintomas gripais, mas dificilmente vão estar contaminados com o coronavírus, muito difícil disso acontecer. Falo isso por eles já estarem lá dentro. Porém, por precaução, como essas pessoas apresentaram os sintomas, eles foram isolados”, disse o informante ao HNT/Hipernotícias na quarta-feira (25).

Atualmente, a PCE conta com aproximadamente 2.500 detentos, um número três vezes maior que a unidade comporta que é de 889.

Números

Na tarde quarta-feira (25), o boletim da Secretária de Estado de Saúde (SES) informou que Mato Grosso registrou nove casos de contágio pelo Covid-19, o coronavírus. A pasta informou também que monitora outras 326 ocorrências suspeitas.

Segundo o boletim, que é atualizado diariamente, Cuiabá registrou um novo caso de contágio, elevando o número de ocorrências de cinco para seis. Várzea Grande também teve uma nova contaminação pelo vírus, registrando, assim, dois casos. No interior do Estado, o município de Nova Monte Verde também tem uma ocorrência.

 

Outro Lado

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da assessoria de imprensa, nega que tenha casos suspeitos de coronavírus na PCE.

 

Leia mais

 

Três detentos da PCE são isolados com suspeita de coronavírus

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei