Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Polícia Quarta-feira, 28 de Setembro de 2022, 17:20 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 28 de Setembro de 2022, 17h:20 - A | A

POSTOU NAS REDES SOCIAIS

Delegada requere afastamento cautelar de homem que agrediu enteado por meme do Bolsonaro

Consta na ocorrência que o agressor empurrou a namorada do enteado e falado para ela que era para o enteado tomar cuidado nas esquinas, insinuando que poderia fazer algum mal para ele.

AMANDA DIVINA
Da Redação

A delegada Jéssica Assis requisitou à Justiça nesta semana uma medida cautelar para o afastamento de um homem que agrediu o enteado após ele postar, nas redes sociais, um meme que contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). O caso aconteceu no dia 7 de setembro, na cidade de Sorriso (a 396 km de Cuiabá).

Só Notícias / Lucas Torres

jessica delegada

 

Segundo informações, no dia do ocorrido, a vítima foi para casa acompanhada da namorada quando o suspeito chegou à propriedade bastante alterado. Ele arrombou a porta e começou a agredir o enteado com socos e chutes.

Consta na ocorrência que o agressor empurrou a namorada do enteado e disse a ela que era para o enteado tomar cuidado nas esquinas, insinuando que poderia fazer algum mal para ele.

Diante das agressões, a mãe e a namorada da vítima tentaram separar a briga, quando o rapaz conseguiu sair do local e ir até a delegacia.

Por conta das agressões, a delegada solicitou uma medida para que o padrasto permaneça distante dele por algum período.

"Nesse caso, aconteceu o que a gente chama de delito de vias de fato. Não houve lesão corporal porque não deixou marca no corpo da vítima. Nós representamos por uma medida cautelar de afastamento para que esse padrasto não se aproxime do enteado por um período determinado, enquanto transcorre as investigações, para resguardar a integridade física e ideológica também".

Durante a coletiva de imprensa, que aconteceu nesta quarta-feira (28), a delegada reforçou que neste período das eleições é necessário uma cautela durante discussões.

"A gente vive no sistema de plurarismo político que é um dos fundamentos da nossa República e então essa divergência de ideias e posicionamento tem que ser respeitada. Estamos vendo muito essas discussões no âmbito familiar e não podemos deixar que isso destrua relações familiares", finalizou.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros