Sábado, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Polícia Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 07:25 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 07h:25 - A | A

BANHO DE SANGUE

Criminoso com 22 passagens por homicídio e mais três morrem em confronto com a PM

Embate aconteceu depois que os militares receberam informações de um possível roubo em andamento em uma residência no bairro Vale do Sol

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

Quatro faccionados do Comando Vermelho morreram em confronto com policiais militares, na noite de segunda-feira (10), em Tangará da Serra (240 km de Cuiabá). Até o momento apenas três suspeitos foram identificados. São eles: Luan Marlon Miranda Souza Gomes, de 22 anos, Elielton Oliveira dos Santos, de 18 anos e Kauã Vinícius Ferreira, vulgo ‘Pinóquio’, de 17 anos. Este último tinha 22 passagens criminais apenas pelo delito de homicídio. 

Segundo o boletim de ocorrência, o embate aconteceu depois que os militares receberam informações de um possível roubo em andamento em uma residência no bairro Vale do Sol.

No local, os agentes encontraram nove homens que estavam sendo mantidos reféns por cinco criminosos. Conforme o relato das vítimas, os suspeitos invadiram a casa, as agrediram com socos e coronhadas enquanto faziam uma ligação de videochamada com uma pessoa conhecida como ‘Capetinha’. Com a chegada da polícia, as vítimas foram salvas e os suspeitos detidos.

Em seguida, a equipe recebeu informações que os demais integrantes do bando criminoso estavam em uma residência na rua 80, no bairro Jardim Tarumã. No imóvel, os policiais foram recebidos a tiros e revidaram. Quatro criminosos foram alvejados e não resistiram à gravidade das lesões. Um deles ainda não foi identificado. Um quinto suspeito conseguiu fugir.

Foram apreendidas três armas de fogo e munições de calibres diversos, além de três celulares e R$ 428 em espécie.

A área foi isolada para os trabalhos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Um inquérito foi aberto e o caso será investigado pela Polícia Civil. 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros