Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Nó De Cachorro Quarta-feira, 22 de Junho de 2016, 10:03 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 22 de Junho de 2016, 10h:03 - A | A

'Rombo' político

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) isentou o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) do suposto rombo de R$ 1,7 bilhão encontrato pela auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE) nas contas do peemedebista. O relator do caso, conselheiro José Carlos Novelli, ressaltou que o governo Pedro Taques (PSDB) aditivou alguns dos contratos sob suspeita e ainda firmou Termos de Ajustamento de Gestão nos contratos referentes à Copa do Mundo, supostamente eivados de ilegalidade.

 

Em seu voto, Novelli apontou possível intenção política e determinou nova auditoria nos contratos investigados pela CGE.

 

"Com efeito, são vários os questionamentos que vêm à tona, inclusive sobre a própria eficiência do órgão de controle externo, quando por força de embates políticos o novo grupo que chega ao poder passa a propalar, valendo-se do poder midiático estatal, informações sobre “rombos” deixados pelos antecessores e que, no caso em tela, seria 'bilionário'", afirmou o conselheiro em trecho do seu voto.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros