Nó De Cachorro Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011, 14:00 - A | A

Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011, 14h:00 - A | A

Bater em mulher pode!

Mayke Toscano/Hipernotícias

 

O deputado federal Júlio Campos (DEM) esculhambou os políticos de um modo geral, e em particular os que dão sustentação à presidente Dilma e ao governador Silval. Durante entrevista ao programa Cidade Independente, da Rádio Cidade FM, nesta segunda (12), JC disse que não existe mais oposição, porque todos os políticos “querem uma migalha que cai da mesa do Poder”. Citou como exemplo o caso do PR. “A Dilma demitiu a quadrilha do PR, e o PR não foi para a oposição (sic)”. Criticou também a presidente Dilma por ser complacente com quem pratica corrupção em seu Governo. Mas, quando perguntado por quê o DEM não expulsou o ex-vereador Kirrarinha – que esbofeteou a jornalista Márcia Pache em Pontes e Lacerda ano passado – e ainda lhe deu a presidência do diretório municipal, saiu-se com essa: “É porque o caso dele ainda está na justiça, e ele já foi punido com a cassação do mandato”. E acrescentou: “O caso dele (Kirrarinha) é pessoal, não tem nada a ver com política”. Pelo jeito, no critério de Júlio Campos e do DEM seus correligionários podem bater em mulher – e ainda jornalista – que não tem nada demais.

PARA SABER MAIS SOBRE A AGRESSÃO DE KIRRARINHA CONTRA A JORNALISTA

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

José Bonifácio 13/12/2011

O Kiharinha não foi cassado somente por agredir a repórter Márcia Pache, mas sim por pela acusação em mais 05 crimes. Entre eles, o de reter para si a metade do salário de sua assessora na câmara municipal, apoiar e invadir propriedades privadas e públicas, mandar invadir casas populares antes da entrega aos contemplados e ainda surrupiar a aposentadoria de um casal de idosos.

(SAFIYA) BEATRIZ BARBOSA CEZAR 12/12/2011

Daltinho bateu na Lilian Karla e teve seu processo arquivado (por falta de provas - nem o corpo delito que comprovou, justificou) pq era "blindado" por um mandato parlamentar. Nem adiantou a Lueci Ramos fazer protesto, toda classe feminina, Daltinho ganhou nas urnas a derrota graças a repercussão, sendo o mesmo reincidente em bater em mulher (vide vários BO´s de sua ex-esposa Lílian Limongi)e a população de Barra do Garças sabe de todo embróglio. Pior que isso, é Daltinho olhar pra vc com cara de peixe morto e ter feito seguidores, como o caso desse kirara de pombo, oh sujeitinho mais desclassificado, tinha que ser covarde mesmo,porque HOMEM de verdade NUNCA encosta a mão numa mulher para bater. Daltinho teve a resposta das urnas, foi protegido pelo mandato, perdeu a eleição e esse Kirara de pombo aí agride uma JORNALISTA? Será que vou precisar empunhar um microfone na porta do TJ em defesa da minha colega agredida? Porque se o SINDJOR se calar,eu não vou calar não, estou indignada! Covardes!

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros