Quinta-feira, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,66
euro R$ 6,14
libra R$ 6,14

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,66
euro R$ 6,14
libra R$ 6,14

Mundo Terça-feira, 19 de Março de 2024, 14:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 19 de Março de 2024, 14h:30 - A | A

Taiwan reconhece a presença de tropas dos EUA em ilhas remotas, com foco em treinamento militar

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Em meio ao aumento das tensões com a China, o ministro da Defesa de Taiwan, Chiu Kuo-cheng, deu pistas de que as tropas dos Estados Unidos têm treinado os militares taiwaneses em ilhas remotas que estariam na linha de frente de um conflito com o seu vizinho.

O ministro da Defesa não deu mais detalhes sobre a mobilização dos EUA, mas as ilhas periféricas incluem Kinmen, que fica 5 km a leste da cidade costeira chinesa de Xiamen e a mais de 160 km da ilha principal de Taiwan.

"Este intercâmbio serve para observação mútua, para identificar os problemas que temos e descobrir como melhorar e reconhecer os pontos fortes para que possamos aprender com eles", disse Chiu em resposta a perguntas sobre as tropas dos EUA nas ilhas periféricas de Taiwan.

Os comentários representaram um raro reconhecimento por parte de Taiwan da atividade das tropas americanas em seu território.

As ponderações de Chiu foram feitas durante resposta a perguntas sobre um relatório da Sofrep, uma publicação online focada na segurança nacional, a qual afirmava que instrutores das Forças Especiais dos EUA seriam enviados para Kinmen e outras ilhas remotas que abrigam as forças de elite de Taiwan.

O tenente-coronel Marty Meiners, porta-voz do Pentágono, disse que não comentaria operações ou treinamentos específicos. "Nosso compromisso com Taiwan é sólido e contribui para a manutenção da paz e da estabilidade no Estreito de Taiwan e na região", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros