Mundo Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011, 09:04 - A | A

Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011, 09h:04 - A | A

ÓLEO DE SARGETA

Óleo de cozinha recolhido do lixo faz polícia China prender 52

Produto era tirado do lixo de restaurantes para ser revendido

PORTAL R7

Imagem da Internet

Os investigadores descobriram que uma empresa fabricou mais de 2.000 toneladas de "óleo de sarjeta" desde 2010

A polícia chinesa prendeu 52 pessoas que produziam e vendiam óleo de cozinha recolhido do lixo de restaurantes, disse a imprensa estatal nesta terça-feira (20), em mais um escândalo envolvendo a segurança dos alimentos no país.

Os investigadores descobriram que uma empresa da província de Jiangxi (sul) fabricou mais de 2.000 toneladas de "óleo de sarjeta" desde 2010, vendendo o material a uma empresa de processamento de alimentos na vizinha província de Guangdong, disse a agência oficial de notícias Xinhua.

O óleo era então vendido a restaurantes da região, após ser "misturado com óleo de cozinha de qualidade e rotulado com marcas não registradas", informou a agência.

Escândalos envolvendo óleo de cozinha se tornaram corriqueiros na China nos últimos anos, e fotos de óleo sendo tirado de ralos já circularam pela internet, causando indignação popular e contrariando as afirmações de que o governo está zelando pela segurança dos alimentos.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros