Links Externos Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013, 18:02 - A | A

Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013, 18h:02 - A | A

CONFIRA AS AÇÕES DO PLANO EMERGENCIAL PARA A SAÚDE DE CUIABÁ

CONFIRA AS AÇÕES DO PLANO EMERGENCIAL PARA A SAÚDE DE CUIABÁ 


A. Preencher a escala médica nas Policlínicas, para o melhor atendimento ao cidadão.  

1. Regularizar o pagamento do Prêmio Saúde e dos Plantões Extras para os servidores da SMS;
2. Contratar 60 médicos para preencher as escalas das Policlínicas;
3. Chamar imediatamente os aprovados e classificados no Concurso Público de 2010 para que sejam lotados nas Policlínicas;
4. Fazer novo concurso público de médicos para a atenção secundária (policlínicas e ambulatórios de especialidades);
5. Formalizar termo de Cooperação Técnica com as Faculdades de Medicina de Cuiabá (UNIC e UFMT) para professores, residentes e internos;
6. Implantar o serviço de segurança para as policlínicas. 


B. Prover condições para ampliar o atendimento nos postos de saúde e PSFs

1. Orientar e estimular a busca do usuário aos postos de saúde para atendimento médico de menor gravidade;
2. Ampliar a oferta de medicamentos injetáveis, nebulizadores, aparelhos de pressão, termômetros e avaliação da gravidade do paciente.

 

C. Otimizar os leitos do Hospital Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá 

1. Terminar e equipar a segunda UTI adulto, com inauguração em 45 dias;
2. Transferir pacientes crônicos para hospitais conveniados;
3. Pacientes que estão na fila de cirurgia serão transferidos para casa ou hospitais parceiros com cirurgia pré-agendada, com dia e hora;
4. Otimizar a ocupação dos leitos dos hospitais conveniados ao SUS (Santa Casa, HGU, Hospital Santa Helena, Hospital do Câncer, HUJM, Hospital Bom Jesus, Hospital Militar);
5. Aumentar o número de procedimentos cirúrgicos;
6. Iniciar a reforma da UTI Pediátrica; 


D. Otimizar a ações da Central de Regulação de Cuiabá

1. Cadastrar diariamente os leitos nos Hospitais Conveniados ao SUS, com prioridade para lotação de pacientes referenciados da Urgência e Emergência;
2. Agilizar a regulação e transferência de pacientes oriundos das Policlínicas para os Hospitais Conveniados através da Central;
3. Reativar a Equipe Técnica Médica de Pediatria e Clínica da Central de Regulação;
4. Acabar com a fila de espera de exames de ultrassonografia ginecológica, hoje com mais de 3.500 mulheres.

Fonte: Secretaria de Comunicação de Cuiabá (Secom-Cuiabá)

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros