Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Justiça Segunda-feira, 21 de Novembro de 2016, 10:09 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 21 de Novembro de 2016, 10h:09 - A | A

PRIMAVERA DO LESTE

Quatro vereadores são levados coercitivamente pelo Gaeco

REDAÇÃO

Quatro vereadoes de Primavera do Leste foram alvos da Operação Sesmaria do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco). Antônio Marcos "Piru" (PP), Josafá Martins Barbosa (PP), Messias Di Caprio (PSD) e Pacoal do São João (Pros) foram levados coercitivamente para prestarem depoimentos ao Ministério Público Estadual (MPE).

 

Alan Cosme/Hipernoticias

gaeco

 

De acordo com o MPE, os parlamentares são investigados em atos de corrupção na aprovação de loteamentos e compra de votos de vereadores.

 

Josafá é o atual presidente da Câmara de Primavera e foi reeleito com 491 votos em outubro passado. O Piru também foi reeleito com 390 votos. 

 

Durante a operação, duas pessoas foram autuadas em flagrante por porte ilegald e munição.

 

Desde às 06h, 28 mandados de busca e apreensão e conduções coercitivas estão sendo cumpridos em desfavor de agentes públicos, empresários e advogados. Os alvos da operação residem nos municípios de Primavera do Leste e Querência.

 

 

Atualizada às 11h33

 

O Gaeco deflagrou a “Operação Sesmaria” para desmantelar uma organização criminosa formada por agentes públicos, advogados e empresários do ramo imobiliário em Primavera do Leste e região.

 

As investigações apontaram atos de corrupção na aprovação de loteamentos e compra de votos de vereadores. Todas as conduções coercitivas são encaminhadas para sede da Promotoria de Justiça de Primavera do Leste, onde os envolvidos serão interrogados por organização criminosa, corrupção passiva e ativa, falsa perícia e contra a Lei de Parcelamento do Solo (Lei 6766/79).

 

Também estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em escritórios de advocacia, gabinetes de vereadores e residências. No total, são 28 mandados (busca e apreensão e conduções coercitivas).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

joaoderondonopolis 21/11/2016

Será que não seria bom uma investigação deste quilate também em Rondonópolis?

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros