Domingo, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Esportes Sábado, 15 de Junho de 2024, 12:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 15 de Junho de 2024, 12h:30 - A | A

Brasil perde nas quartas do Pré-Olímpico e fica sem equipes no tiro com arco em Paris-2024

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O Brasil não terá representantes no tiro com arco por equipes em Paris-2024. A última esperança de vaga era no pré-olímpico de Antalya, na Turquia, mas a equipe masculina, liderada por Marcus DAlmeida, acabou perdendo para a Grã Bretanha por 6 a 0, parciais de 58/53, 55/53, 55/53, nas quartas de final.

A equipe brasileira masculina foi formada por Marcus DAlmeida, Mateus Carvalho e Matheus Zwick, o primeiro liderou a fase de ranqueamento, tendo sido fundamental para o Brasil avançar na 12ª posição. Nas oitavas, venceu o Vietnã e, na sequência, a China. No entanto, não conseguiu manter o nível de atuação frente à Grã Bretanha.

A equipe feminina, que contou com Ane Marcelle, Graziela Paulino e Ana Luiza Caetano, foi ainda pior ao cair na primeira rodada do Pré-Olímpico para a Ucrânia por 5 a 1.

O Brasil tem duas vagas garantidas no tiro com arco no individual. No feminino, Ana Claro Machado conquistou um lugar em Paris-2024 ao conquistar a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023.

No masculino, Marcus DAlmeida se garantiu após a medalha de bronze no Mundial de 2023, disputado em Berlim, na Alemanha.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros