Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Economia Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 14:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 14h:30 - A | A

Ouro e prata fecham em baixa, em ajuste após recordes recentes

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O ouro fechou em baixa na sessão desta terça-feira, 21, em ajuste após renovar máximas históricas na segunda-feira, 20, com apoio de demanda chinesa e de bancos centrais. A prata também se desvalorizou, mas segue acima de US$ 30 a onça-troy, marca que ultrapassou pela primeira vez em 11 anos na semana passada.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para junho fechou em queda de 0,51%, a US$ 2.425,90 a onça-troy. Enquanto isso, a prata para julho caiu 1,07%, a US$ 32,078.

O TD Securities destaca que as expectativas de demanda por commodities estão em alta no geral, em meio à percepção de que a China colocou sua artilharia pesada no jogo com os novos estímulos econômicos recentemente anunciados.

"Vale a pena refletir se a mais recente proposta de política da China pode, de fato, ser a 'bazuca' que os participantes do mercado esperavam para pôr fim à crise imobiliária e dar o tão desejado impulso à confiança e ao crescimento econômico" na China, comentou o banco em relatório a clientes. "Os detalhes continuam escassos, mas a mais recente proposta de compra de casas não vendidas pode ser significativa."

A AJ Bell destaca ainda a ação de preço da prata, que segue sendo negociada acima de US$ 30 a onça-troy pela primeira vez desde 2013. "A prata pode chamar a atenção ainda mais do que o ouro, já que é negociada bem abaixo do pico de US$ 48 por onça atingido em 2011. Isso contrasta com o ouro, que atinge novos máximos históricos em torno de US$ 2.450 a onça-troy."

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros