Economia Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011, 16:52 - A | A

Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011, 16h:52 - A | A

PETRÓLEO

Estatal chinesa estuda investir no pré-sal em São Paulo

Apesar de sinalizar interesse, a CNPC não comentou o tamanho do investimento possível na região

DA FOLHA DE SÃO PAULO

A CNPC Manufacturing, subsidiária da semiestatal chinesa China National Petroleum Corporation (CNPC), maior exploradora asiática de petróleo e gás, negocia a formação de parcerias que viabilizem a exploração da camada pré-sal na bacia de Santos (litoral paulista).

Em reunião ontem com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), Zhang Hanliang, vice-presidente da companhia, quis conhecer o ambiente e as regras para um possível investimento no Estado. Nenhum acordo, no entanto, já foi fechado.

"A China tem claro interesse no petróleo na bacia de Santos. Já temos alguns parceiros que ajudarão no índice de nacionalização de peças e equipamentos para viabilizar a exploração no Brasil", disse Hanliang.

Apesar de sinalizar interesse, a CNPC não comentou o tamanho do investimento possível na região.

Uma das parcerias já fechadas no país foi com as brasileiras Asperbras e Brasil China Petróleo e com a Baoji Oilfield Machinery para a criação da Bomcobras. Trata-se de uma holding que fabricará guindastes, torres de perfuração, bombas e sondas para a exploração de petróleo.

A empresa já definiu investimentos de R$ 130 milhões no país, a serem aplicados em duas etapas para a construção de uma fábrica em Simões Filho (Bahia). Está previsto que a unidade, que deverá empregar 200 pessoas, entre em operação no segundo semestre de 2012.

"Apresentamos ao governador Geraldo Alckmin o projeto da Bomcobras no Brasil e a intenção de instalar uma unidade em Santos baseada no projeto do pré-sal", declarou Francisco Colnaghi, presidente da Asperbras e vice-presidente da holding.

Segundo Colnaghi, o governo sinalizou como incentivos possíveis a intensificação de treinamento de mão de obra qualificada nas Fatecs e auxílio na escolha de área para instalar a unidade.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros