Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

Economia Quarta-feira, 03 de Outubro de 2018, 16:31 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 03 de Outubro de 2018, 16h:31 - A | A

CAPITAL NA DIANTEIRA

Avanços no saneamento são tema de encontro com setor da construção

REDAÇÃO

Desenvolvimento sustentável, investimentos baseados em projetos com visão sistêmica e diálogo. Estes três pilares foram a base do evento “Cuiabá na dianteira do saneamento”, realizado nesta terça-feira (02) na sede do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), na capital mato-grossense. Voltado aos setores da construção civil e pesada, o encontro promovido por meio de parceria entre a Fiemt e a Águas Cuiabá, concessionária de saneamento básico do município, apresentou aos participantes um panorama das obras e aportes financeiros que colocarão a cidade na dianteira do saneamento brasileiro. 

 

Divulgação

aguas cuiaba evento

 

Durante o evento, representantes da Águas Cuiabá mostraram o planejamento dos investimentos da Companhia, que estão alinhados ao contrato de concessão dos serviços de saneamento básico e ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado junto ao Ministério Público Estadual (MPE-MT). “Quando iniciamos as operações em Cuiabá, há pouco mais de um ano, nos dedicamos, prioritariamente, a elaborar projetos de água e esgoto que, além de cumprir o que determina o contrato de concessão, possibilitassem a Cuiabá um ambiente propício ao crescimento e ao desenvolvimento sustentável”, observou o diretor geral da concessionária, Luiz Fabbriani. 

 

Com o desafio de eliminar a intermitência no abastecimento de água e levar a cobertura de esgoto ao patamar de 91% dentro de seis anos, a Águas Cuiabá executará uma série de investimentos reestruturando os sistemas de saneamento do município. “Estas obras contemplam várias ações, dentre as quais a construção de uma nova estação de tratamento de água, a ETA Sul, e de duas novas estações de tratamento de esgoto (ETE Sul e ETE Ribeirão do Lipa), além da substituição de redes antigas de água e implantação de tubulações coletoras de esgoto”, acrescentou Fabbriani, ao enfatizar a importante meta de redução das perdas de água verificadas atualmente no município. 

 

O vice-presidente do Sistema Fiemt, Edgar Teodoro Borges, agradeceu a participação dos profissionais e empresários da construção civil e construção pesada no evento, enfatizando a importância da transparência na prestação de serviços de saneamento básico. “Cuiabá passou por períodos difíceis no que se refere ao saneamento. Houve gestão pública estadual, posteriormente municipal e uma primeira concessão que passou por intervenção. A cidade, seus empreendedores e a comunidade em geral precisam ter a segurança de que o fornecimento de água e a coleta e tratamento de esgoto estão sendo feitos adequadamente e assim permanecerão, recebendo os investimentos necessários executados dentro de projetos coerentes e inovadores”, pontuou. 

 

Após a apresentação, houve espaço para perguntas e respostas, momentos nos quais foi possível aos participantes obter detalhes e tirar dúvidas sobre as obras e investimentos. “Este diálogo precisa ser permanente”, declarou o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-MT), Júlio Flávio Campos de Miranda. “Quero aqui elogiar esta iniciativa e a disponibilidade da Águas Cuiabá e de seus profissionais em nos apresentar o que está sendo feito e o que há de planejamento para nossa cidade. Quando não há disponibilidade de saneamento, os empreendimentos ficam prejudicados e o setor da construção retrai, o que é desfavorável ao desenvolvimento econômico. Por isso, ficamos felizes e mais tranquilos ao saber que, para a nossa cidade, as perspectivas são outras, positivas”, acrescentou. 

 

Sobre a Águas Cuiabá

 

A Águas Cuiabá assumiu o serviço de água e esgoto da Capital em 2017, com a responsabilidade de atender a uma população de 580 mil pessoas. Desde então, trabalhou e investiu para o aumento do tratamento da água entregue ao cliente. Em conjunto com os Poderes elaborou projetos para atender cada vez mais cidadãos com os nossos serviços. Em razão das características de nossas atividades, também mantemos profunda inserção na vida das comunidades, onde desenvolvemos ações e programas que ajudam a elevar a conscientização socioambiental, alcançando milhares de pessoas.

 

 

 

Sobre a Iguá – A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações, que, somadas, beneficiam cerca de 6,6 milhões de pessoas. O alcance da prestação de serviços coloca a companhia entre os principais operadores privados do setor de saneamento no país. O nome Iguá é uma referência direta ao universo de atuação da companhia: em tupi-guarani, “ig” que dizer água.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros