Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Cidades Terça-feira, 12 de Julho de 2016, 18:05 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 12 de Julho de 2016, 18h:05 - A | A

42 DIAS DE PARALISAÇÃO

Professores rejeitam proposta do Estado e decidem manter greve na Educação

JESSICA BACHEGA

Três categorias ligadas à Educação decidiram, na tarde desta terça-feira (12), manter a greve que já se estende por 42 dias. Os servidores da Associação dos Docentes da Unemat (Adunemat), do Sindicato dos Tecnicos da Educacao Superior (Sintesmat) e do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep) alegam que têm outras reivindicações além do pagamento integral da Revisão geral Anual (RGA) de 11,28%.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

henrique lopes

 

Na última semana, o secretário de Educação (Seduc), Marco Marrafon, encaminhou nova proposta para os servidores do Sintep oferecendo alternativas para o atendimento às reivindicações da categoria, que busca o pagamento da RGA, concursos públicos na Educação e a não-implementação da Parceria Pública Privada (PPP) nas escolas estaduais.

 

A oferta do governo encaminhada prevê um cronograma para concursos públicos e limita as PPPs à parte estrutural das unidades escolares. Ou seja, não haveria PPP para os serviços considerados 'não-pedagógicos', como merenda e faxina das escolas.

 

“A oferta feita pelo governo teve avanço em apenas um dos três itens prioritários na nossa pauta, que foi o calendário de concursos. Os outros dois pontos não tiveram melhoria nenhuma. Queremos a suspensão total da PPP nas escolas, pois entendemos que esse pacote de serviços oferecidos pelo setor privado vai gerar impacto na estrutura pedagógica do ensino”, afirmou o presidente do Sintep, Henrique Lopes.

 

Sem acordo, a categoria aguarda uma nova proposta por parte do secretário e a paralisação segue por tempo indeterminado.  

 

A greve teve início no dia 1º de junho, com adesão de 30 categorias do Fórum Sindical. Contudo, o movimento paredista foi perdendo forças após a aprovação da Lei para o pagamento da RGA 2016, junto com uma série de decisões judiciais que decretaram a ilegalidade dos movimentos grevistas.

 

Apesar de ter retornado ao trabalho, o Fórum Sindical afirma que “a luta continuará com outras pautas igualmente importantes”. Algumas categorias recorreram à justiça para buscar o recebimento da recomposição integral.

 

PROTESTO

O servidores da Adunemat realizaram uma mobilização em frente à Casa Civil na manhã desta terça, contra a extinção da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).

 

Os cortes estão previstos na nova etapa da reforma administrativa proposta pelo Poder Executivo, que ainda aguarda votação na Assembleia Legislativa (ALMT).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Rafael 12/07/2016

E isso ai. Ess a historia de PPP, entra Gestor na Educação que pode ser contratado até mais da metade de pessoas do PSDB, isso, é o um vácuo para contratador, amigos do Rei. Fria. A Educação ficará totalmente sobre interferência do Governador. A luta pessoal do Sintep, ou se não vai papar mosca. Governo mentiroso, disque que tratar Educação diferenciada. Só usou o antigo Secretário Permínio, enganou até esse agora, vem com seus comparsas, joga as coisas para os outros resolver, jogou o abacaxi para o Marrafon, como sempre faz. Larga seus companheiros no rolo, e vaza. Esse governo, é o pior da historia do Estado de MT. Todos fogrm dele. E entra com cada idéia de GIRICO.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros