Cidades Sexta-feira, 09 de Setembro de 2011, 11:02 - A | A

Sexta-feira, 09 de Setembro de 2011, 11h:02 - A | A

PERIGO

A cada 5 dias uma pessoa morre em acidente de trânsito em Cuiabá

Dados se referem aos 7 primeiros meses de 2011. Polícia Militar diz que cresce número de condutores não habilitados

DA REDAÇÃO

 

Imagem da Internet

Acidentes estão crescendo na região central de Cuiabá


Uma pessoa morre a cada 5 dias em acidentes com veículos em Cuiabá. A maior ocorrência são entre carros de passeio envolvendo jovens de 19 a 25 anos. 

Dados do Batalhão de Trânsito feitos nos últimos sete meses deste ano também apontam que a Avenida Fernando Corrêa é onde ocorre mais registros com vítimas fatais e feridos, com 14% de todas ocorrências na Capital.

Segundo ainda o Batalhão de Trânsito, nos sete primeiros meses deste ano, ocorreram 2,7 mil acidentes, com 42 mortes nas principais avenidas da Capital.

No feriado da Independência do Brasil (7), em pouco mais de 48 horas, seis pessoas foram vítimas do trânsito violento, sendo três delas em rodovias próximas a Cuiabá.

Desse total, apenas uma vítima pilotava motocicleta. Os demais estavam em automóveis ou foram atropelados. Num dos acidentes, um casal morreu e quatro ficaram feridas, além de uma criança de seis anos que foi atropelada e morta por um ônibus no bairro Jardim Fortaleza, em Cuiabá.

AVENIDA PERIGOSA

A Avenida Fernando Corrêa da Costa é a campeã em acidentes violentos com 374 acidentes, seguida pela Miguel Sutil que já registrou 344, Rubens de Mendonça (CPA) 288, Tenente -Coronel Duarte (Prainha) 133, Beira-Rio com 127 e Carmindo de Campos com 47 acidentes registrados.

O coronel da Wilson Batista, comandante do Batalhão de Transito da PM, diz que 90% das pessoas que precisam de cirurgia no Hospital Metropolitano, recém-inaugurado em Várzea Grande, são vítimas de acidentes com motos.

Uma nova medida está sendo montada entre a Secretaria Estadual de Saúde, Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Secretaria de Segurança Pública para combater os acidentes no Estado, uma delas é instalação de radares e quebra-molas nos pontos mais críticos da cidade.

''Outra situação que deve ser evitada, e cabe até como orientação da PM para os condutores, que compre os seus veículos depois que estiverem habilitados. Muitos desses acidentes acontecem por que motoristas compram seus carros e suas motos e depois estão se habilitando, isso é um crime'', explica o coronel Batista.

Neste período de janeiro a setembro deste ano, as principais vítimas de acidentes em Cuiabá foram jovens com idade entre 19 e 25 anos, principalmente nas madrugadas e finais de semana, quando estão voltando das festas, quase sempre embriagados.

PESQUISA

Pesquisa recente do Ministério da Justiça mostra que Mato Grosso é o segundo estado do país com maior índice de mortes no trânsito. O Estado registrou 36 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes em 2010 e só ficou atrás de Tocantins, que registrou taxa de 37 mortes para cada grupo de 100 mil.

Segundo a Polícia Militar, de 2003 até o mês de julho deste ano, foram registrados  3.943 acidentes na Avenida Fernando Corrêa da costa. Na Miguel Sutil, no mesmo período cerca de 3.611 pessoas se envolveram em acidentes.

Deste total, a pesquisa apontou que os que mais se envolveram foram automóveis com 4.271 ocorrências, seguindo de camionetes com 1.334, ônibus com 518 acidentes e 461 envolvendo motociclistas. (Colaborou Max Aguiar)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros