Brasil Segunda-feira, 25 de Julho de 2011, 18:28 - A | A

Segunda-feira, 25 de Julho de 2011, 18h:28 - A | A

CRISE

Problema nos Transportes 'tem 20 anos', diz ex-ministro

Tarso Genro disse que mandou investigar a pasta quando ainda estava no governo

DA FOLHA DE SÃO PAULO

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), disse nesta segunda-feira que os problemas no Ministério dos Transportes "têm 20 anos" e que existe uma "instabilidade política muito grande" dentro da pasta.

Ele falou que, como ministro da Justiça no segundo mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, chegou a investigar as irregularidades nos Transportes.

"Todo mundo sabe que é um problema que tem 20 anos dentro daquele órgão. É muito bom que a presidenta [Dilma] tenha modificado todo mundo", disse o governador.

Nesta segunda-feira, pediu demissão o diretor-geral do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes), Luiz Antonio Pagot.

Tarso defendeu também o petista Hideraldo Caron, que deixou o ministério na sexta-feira (22). Disse que foi "muito boa" a opção pela exoneração, "até para não misturar o joio com o trigo".

MICROAMIZADES

Mais cedo, em solenidade de lançamento de um programa do governo gaúcho, Tarso disse, ao falar sobre transparência nos órgãos públicos, que o Estado é organizado "para trabalhar na manutenção de privilégios". Ele não citou nenhum órgão específico.

"Criam-se nichos de poder na estrutura do Estado, invisíveis para a sociedade, e que apela à microinfluência, ao microfisiologismo, à microamizade em um determinado nicho, para fazer transitar suas relações, o que vai corroendo a eficácia do Estado."

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros