Quinta-feira, 25 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,66
euro R$ 6,14
libra R$ 6,14

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,66
euro R$ 6,14
libra R$ 6,14

Brasil Terça-feira, 19 de Março de 2024, 18:30 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 19 de Março de 2024, 18h:30 - A | A

Deputados bolsonaristas tiram microfone da Globo de púlpito e são repreendidos por colega

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Os deputados federais Delegado Caveira (PL-PA) e Gustavo Gayer (PL-GO) foram repreendidos pelo líder da oposição no Senado, Rogério Marinho (PL-RN), após retirarem um microfone da TV Globo do púlpito de uma entrevista à imprensa na Câmara nesta terça-feira, 19.

Os parlamentares de oposição ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convocaram a entrevista para relembrar os cinco anos do inquérito das fake news. Gayer disse que as ações do Supremo Tribunal Federal (STF) são um "avanço ditatorial do Brasil" e retirou o microfone da Globo do púlpito, chamando a emissora de "imprensa lixo e que passa pano" para as investigações da Corte.

"Nós temos imprensa ou pessoas que se dizem da imprensa, mas elas batem palmas para isso. A imprensa bate palma para o avanço ditatorial do Brasil. Uma imprensa lixo, como essa daqui", disse o deputado goiano mostrando o microfone da emissora.

Em seguida, Caveira pegou o microfone da emissora e colocou o objeto no chão. Marinho repreendeu a atitude, dizendo "faça isso não" seguidas vezes. Após a bronca, o deputado federal Hélio Lopes (PL-RJ) colocou o microfone de volta ao púlpito.

O inquérito das fake news foi instaurado em março de 2019 pelo ministro do STF Dias Toffoli, então presidente da Corte, para investigar notícias fraudulentas, denunciações caluniosas, ameaças e infrações que atingem a honorabilidade e a segurança da Suprema Corte, dos ministros e de seus familiares.

Procurada pelo Estadão, a Rede Globo ainda não se posicionou.

Para assistir ao vídeo do ocorrido, basta clicar aqui.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros