Política Sexta-feira, 07 de Outubro de 2011, 12:05 - A | A

Sexta-feira, 07 de Outubro de 2011, 12h:05 - A | A

SILÊNCIO

PTB consegue adesão de 3 vereadores e fica com a maior bancada na Câmara

Partido que tem como principal liderança o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, consegue fazer uma manobra que surpreendeu até o presidente da Câmara, Júlio Pinheiro

NOELMA OLIVEIRA

Mayke Toscano/Hipernotícias

Marcus Fabrício (foto), Totó César e Neviton Fagundes aderiram ao PTB, que passa a ter a maior bancada na Câmara

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), que tem como principal liderança em Mato Grosso o prefeito de Cuiabá Chico Galindo, na data limite para as filiações conseguiu formar a maior bancada na Câmara de Vereadores da Capital.

De dois vereadores, Júlio Pinheiro e Clovito Hugueney, o PTB passa a contar a partir desta sexta-feira (7) com cinco. São eles: Totó Cesar e Néviton Fagundes, que deixaram o PRTB, e Marcus Fabrício, dissidente do PP.

O trabalho do partido foi feito de maneira silenciosa e surpreendeu até lideranças da própria sigla, como o vereador Júlio Pinheiro, que assegurou não ter conhecimento das adesões. “Minha contribuição está sendo agora de comemorar”, brincou Pinheiro.

O entendimento à adesão dos vereadores foi feito presidente municipal do PTB, Dilemário Alencar, também secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Cuiabá.

Dilemário disse que conversou com o prefeito que o autorizou a buscar reforço à sigla. A partir daí, segundo ele, as conversas evoluíram e acabaram tendo a adesão de três parlamentares e ainda conseguiu a permanência de Clovito na sigla, já que ele se articulava para ingressar no PSD.

Totó César e Néviton, os novos petebistas, participaram hoje ao lado do prefeito Chico Galindo do ato de assinatura de convênios para a construção de setes centros de educação infantil. Os recursos são na ordem de R$ 8 milhões financiados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Além dos neopetebistas, participaram do evento os vereadores Edivá Alves (PSD), Paulo Borges (PSDB), Lueci Ramos (PSDB) e Misael Galvão (PR).

Néviton evitou comentar a filiação. Porém, não negou. Ele afirmou ainda que não sabe se disputará a reeleição. O vereador afirma ter outros projetos, dentre eles, concluir o seu mestrado.

Totó Cesar confirmou que o seu desligamento do PRTB aconteceu desde quarta-feira passada. Antes de aderir ao PTB, ele disse que conversou com o prefeito Chico Galindo. Afirmou ainda que deixou o partido pelas intrigas, porém recebeu uma carta de liberação da sigla.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros