Quinta-feira, 18 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,48
euro R$ 6,00
libra R$ 6,00

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,48
euro R$ 6,00
libra R$ 6,00

Política Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018, 15:24 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018, 15h:24 - A | A

CHAVE DE OURO

Marun garante entrega de parte do novo Pronto Socorro em dezembro

LEONARDO HEITOR

O ministro Carlos Marun (MDB), da Secretaria de Governo do presidente Michel Temer, esteve na manhã desta segunda-feira (22), em Cuiabá, para vistoriar as obras do novo Pronto Socorro da capital. Com a presença de várias autoridades regionais, o representante do Governo Federal garantiu que pelo menos uma parte da obra será entregue à população ainda este ano. 

 

Alan Cosme/HiperNoticias

ministro Carlos Marun

 

Segundo Marun, a visita faz parte do programa do Governo Federal chamado de "Chave de Ouro", que consiste em 18 obras no Brasil que, se tocadas normalmente, não seriam disponibilizadas para a população ainda este ano. Em Mato Grosso, duas delas foram enquadradas neste investimento: o novo Pronto Socorro e a duplicação da BR-163 entre Cuiabá e Jaciara. 

 

"É uma obra extremamente relevante e a saúde de Mato Grosso se dividirá em um momento antes e outro depois da inauguração deste hospital. A obra está indo bem e muita coisa já está concluída. Saio daqui com a expectativa de que é possível sim, entregarmos pelo menos parte deste Pronto Socorro para uso da população ainda este ano. Não é simples, é um desafio, mas temos que enfrentar", afirmou Marun.

 

O ministro destacou ainda que os recursos para a obra já estão disponibilizados e que eles serão pagos a medida que se avancem as medições. Segundo Marun, a maior parte da verba que será enviada pelo Governo Federal será para a compra de equipamentos da nova unidade hospitalar de Cuiabá.

 

"Em 30 dias voltaremos aqui para outra visita como esta onde teremos que ver a obra bem mais adiantada, para que em dezembro possamos vir com o presidente da República em dezembro para disponibilizar esta obra para a população mato-grossense. Dos R$ 100 milhões que disponibilizamos, 30% serão para a obra e os outros 70% para equipamentos. O recurso já está garantido e será pago quando a obra for avançando", disse.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros