Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Polícia Sábado, 25 de Maio de 2024, 10:20 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 25 de Maio de 2024, 10h:20 - A | A

EM BARRA DO GARÇAS

Trabalhadora doméstica é presa por furtar objetos de casas em que trabalhava

A suspeita já foi investigada em outras ocorrências de furto por abuso de confiança

DA REDAÇÃO

Uma trabalhadora doméstica foi presa acusada de furtar diversos objetos em residências onde trabalhava, nesta sexta-feira (24), Barra do Garças (500 km de Cuiabá). 

A suspeita já foi investigada em outras ocorrências de furto por abuso de confiança e tinha o hábito de subtrair objetos de valor econômico nos locais onde prestava serviços domésticos. Ainda segundo as investigações, os objetos furtados posteriormente eram vendidos pela investigada.

Com a ordem de prisão decretada pela Justiça, os policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) Barra do Garças iniciaram as diligências em buscas da suspeita, que atualmente reside na cidade de Primavera do Leste. Após troca de informações entre as equipes, foi possível localizar a suspeita escondida na residência da sogra, no barro Vila Mariana.

Quando os policiais chegaram ao endereço, a proprietária da residência tentou impedir que a equipe desse cumprimento ao mandado, ocultando a suspeita em um dos quartos da casa, razão pela qual também foi conduzida à Central de Flagrantes, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por favorecimento pessoal.

Após ter o mandado de prisão cumprido, a investigada foi encaminhada para audiência de custódia, sendo posteriormente conduzida à unidade prisional feminina de Nova Xavantina.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros