Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 09h:55

Tamanho do texto A - A+

Presos integrantes de grupo criminoso que atuava em região de chácaras em Cuiabá

Por: REDAÇÃO

Dois criminosos apontados como integrantes de uma associação criminosa envolvidos em roubos a residência em regiões de chácaras de Cuiabá, foram presos pela Polícia Civil, na quinta-feira (10), durante trabalho investigativo realizado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA). 

PJC

Policia Civil

 

Os suspeitos foram identificados como autores do roubo ocorrido em uma residência, na região do Sucuri, no dia 24 de junho. Na ocasião, quatro homens armados entraram na propriedade fazendo a família refém, amarrando e atuando com extrema violência contra as vítimas, que foram agredidas fisicamente.

Durante a ação criminosa, os suspeitos reviraram a casa a procura de joias e dinheiro, e colocaram todos os pertences subtraídos no veículo da família, um Toyota Yaris, com o qual fugiram da propriedade.

Nas investigações realizadas pela equipe da DERRFVA, dois participantes do roubo foram identificados e presos, sendo reconhecidos pelas vítimas como autores do assalto. O veículo da família foi recuperado, sendo encontrado em frente a um centro de reabilitação.

Em interrogatório, os suspeitos confessaram a participação no crime e disseram que deixaram o veículo para “esfriar” para posteriormente ser levado para o Paraguai ou Bolívia, onde seria vendido.

Segundo o delegado titular da DERRFVA, Gustavo Garcia Francisco, os presos fazem parte de uma associação criminosa extremamente perigosa, que usa de violência para a prática dos crimes, agredindo as vítimas com crueldade.

“Durante as diligências foram levantadas evidências do envolvimento dos suspeitos com um grupo criminoso envolvido em vários roubos na área de chácaras do Sucuri. Agora com a prisão deles, solicitamos que outras vítimas de roubo na região compareçam à DERRFVA para fazer o reconhecimento dos assaltantes”, disse Gustavo Garcia.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas