Domingo, 19 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Polícia Sexta-feira, 10 de Maio de 2024, 11:44 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 10 de Maio de 2024, 11h:44 - A | A

CARRO É DE GOIÁS

Policial civil é flagrado com Corolla clonado em rodovia de Mato Grosso

Em nota, a Polícia Civil informou que o agente foi detido sem fiança e passará por audiência de custódia nesta sexta e que a Corregedoria Geral já está acompanhando o caso

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

Um policial civil de Mato Grosso, identificado pelas iniciais B.V.D.C.N., de 42 anos, foi preso pela Polícia Militar ao ser flagrado com um veículo Toyota Corolla clonado na rodovia estadual MT-010, nas proximidades do município de Acorizal (71 km de Cuiabá), na noite de quinta-feira (9). O carro está registrado no município de Pontalina, em Goiás, e a proprietária abriu um boletim de ocorrência no estado goiano relatando a possível falsificação.

Segundo o registro de ocorrência, uma equipe da Polícia Militar foi acionada e recebeu informações de que um veículo clonado estava passando pela rodovia.

No boletim de ocorrência registrado pela proprietária em 27 de fevereiro deste ano, ela narrou que começou a receber diversas multas e que o Corolla tinha sido flagrado em alta velocidade em Cuiabá. Contudo, a mulher contou que nunca esteve na Capital e nem tinha emprestado o carro para algum conhecido. 

A mulher chegou a ir até o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em Goiás, onde foi informada de que seria responsável pelo pagamento das multas. Então, decidiu procurar as autoridades e dar queixa do ocorrido, uma vez que acreditava que o veículo tinha sido clonado. 

Em posse das informações, os policiais foram até o local indicado e abordaram o suspeito, que estava sozinho no veículo. Na checagem, os militares verificaram que o carro estava registrado no nome de uma mulher, na cidade goiana. Já o chassi do Corolla indicava outro emplacamento, que tinha  registro de roubo. 

Então, a guarnição conversou com o suspeito, que se identificou como policial civil. Os militares recolheram a pistola Glock que estava com o agente e o encaminharam à Central de Flagrantes com o apoio da Gerência Estadual de Polinter e Capturas a pedido da delegada Silvia Maria Pauluzzi de Siqueira. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o agente foi detido sem fiança e passará por audiência de custódia nesta sexta-feira (10). Além disso, explicou que a Corregedoria Geral já está acompanhando o caso e está tomando todas as providências cabíveis. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

"Em relação à ocorrência registrada na tarde de quinta-feira (09.05), em que um investigador de polícia foi abordado na Rodovia MT-010, próximo ao município de Acorizal, conduzindo um automóvel com restrição de roubo, a Polícia Civil esclarece:O servidor foi detido e encaminhado à Central de Flagrante de Cuiabá para as providências.

O policial civil de 42 anos foi interrogado pelo delegado plantonista e preso em flagrante pelo crime de adulterar ou remarcar número de chassi ou qualquer sinal identificador veicular.Não houve arbitramento de fiança e o autuado será apresentado em audiência de custódia nesta sexta-feira (10), no Fórum de Cuiabá, ficando à disposição da Justiça.

A Corregedoria-Geral da Polícia Civil foi acionada e acompanhou todo o trâmite realizado na Central de Flagrantes. Após recebimento dos autos, a Corregedoria adotará os procedimentos administrativos para apuração dos fatos e continuidade das providências adequadas", traz o pronunciamento. 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros