Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Polícia Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 06:43 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 06h:43 - A | A

REAGIRAM À ABORDAGEM

Dois suspeitos de decapitar mulher em São José do Rio Claro morrem em confronto com a PM

Os corpos dos suspeitos e da vítima foram enviados para exames de necropsia, que ajudarão na identificação dos envolvidos

RAYNNA NICOLAS
Da Redação

Dois criminosos, suspeitos de envolvimento no homicídio e decapitação de Simone Pereira, morreram em confronto com a Polícia Militar em São José do Rio Claro (297 km de Cuiabá). O corpo da vítima foi descoberto nesta terça-feira (18) por moradores da região em uma área de mata próxima ao município. Os populares acionaram a Polícia Militar, que confirmou a brutalidade do crime e notificou a Polícia Civil.

LEIA MAIS: Mulher é morta a tiros, decapitada e tem corpo desovado em matagal à margem de rodovia; veja vídeo

Durante as diligências, os criminosos retornaram ao local do crime e removeram o corpo, enterrando-o em um local próximo. A Polícia Civil e a Polícia Militar intensificaram a busca pelos suspeitos, que se esconderam na mata ao perceberem a presença das autoridades. Unidades adicionais da Polícia Militar e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da base de Sorriso foram chamados para auxiliar nas buscas, incluindo a realização de sobrevoos.

Mais tarde, com informações de que os suspeitos haviam se deslocado para a cidade, as forças de segurança iniciaram operações para localizá-los. Durante a abordagem, os suspeitos resistiram e entraram em confronto com a polícia, resultando nas mortes.

Os corpos dos suspeitos e da vítima foram enviados para exames de necropsia, que ajudarão na identificação dos envolvidos. As investigações prosseguem para esclarecer todos os detalhes do crime e responsabilizar possíveis cúmplices.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros