Nó De Cachorro Terça-feira, 10 de Maio de 2011, 16:25 - A | A

Terça-feira, 10 de Maio de 2011, 16h:25 - A | A

Do contra

Diz-se nas redações que o cachorro mijar no poste é corriqueiro, mas o poste mijar no cachorro seria manchete! A máxima explica bem a reação do presidente da Câmara de Cuiabá, Júlio Pinheiro (PTB), ao fato de o Ministério Público ter recorrido no caso Ralf Leite, mas desta vez a favor do ex-vereador cassado depois que se envolveu num escândalo sexual. “Esta é a primeira vez que eu vejo algo dessa natureza, o Ministério Público buscar instância superior para tentar resolver uma questão política em favor de um ex-detentor de cargo público”, frisou Pinheiro. Na verdade, o MP criou essa imagem de ser contra tudo, quando na verdade, seu papel é ser fiscal da lei. Se há reparos a serem feitos no processo de cassação, o MP tem mesmo que se posicionar. Pena que nem sempre os gloriosos fiscais da lei se pautam com a mesma isenção. Leia matéria completa com o presidente da Câmara aqui.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros