Domingo, 21 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Mundo Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 18:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 18h:00 - A | A

Netanyahu diz que apenas aceitará cessar-fogo parcial que não encerre guerra em Gaza

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta segunda, 24, que aceitará apenas um acordo de cessar-fogo parcial que não encerre a guerra de oito meses em Gaza, lançando dúvidas sobre a viabilidade de uma proposta de trégua apoiada pelos EUA.

Netanyahu afirmou estar pronto para fazer um acordo parcial para trazer de volta alguns dos 120 reféns ainda detidos pelo Hamas na Faixa de Gaza, mas que "estamos empenhados em continuar a guerra após uma pausa, a fim de completar o objetivo de eliminar o Hamas."

Os comentários, na noite de domingo, 23, foram feitos em um momento delicado, quando Israel e o Hamas parecem estar se distanciando ainda mais sobre o andamento do acordo de cessar-fogo e enquanto os líderes israelenses sinalizam cada vez mais que uma guerra com o grupo militante libanês Hezbollah poderia ser a próxima.

O plano de três fases para uma trégua em Gaza garantiria a libertação dos restantes dos reféns, em troca de centenas de palestinos presos por Israel. O Hamas insiste que não libertará os restantes reféns a menos que haja um cessar-fogo permanente e uma retirada total das forças israelitas de Gaza.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros