Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Esportes Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 09:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 09h:00 - A | A

Bia Haddad perde em simples e Luisa Stefani avança nas duplas em Estrasburgo

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

A quinta-feira foi de altos e baixos para as tenistas brasileiras em Estrasburgo, torneio francês de nível WTA 500. Se Beatriz Haddad Maia sofreu uma dura derrota na chave de simples, Luisa Stefani venceu e avançou às semifinais nas duplas, ao lado da holandesa Demi Schuurs.

Bia foi para a quadra primeiro e acabou sofrendo uma de suas piores derrotas das últimas semanas. A tenista número 1 do Brasil foi batida pela russa Liudmila Samsonova por 2 sets a 0, com direito a um "pneu": 6/3 e 6/0, em apenas 1h29min. Bia era a favorita, por ser a cabeça de chave número dois do torneio. Samsonova, por sua vez, é a atual 19ª do mundo.

A derrota não deve trazer maiores prejuízos para a brasileira em termos de ranking. Ela poderá até ganhar uma posição, a depender do resultado de rivais. Atualmente, é a 14ª do mundo. Sua colocação só deve sofrer maior variação em Roland Garros, que começa no domingo e no qual ela defende as semifinais do ano passado.

Bia chegará a Paris em baixa após a dura derrota em Estrasburgo, sua última preparação para Roland Garros, e também em razão da campanha abaixo do esperado na gira europeia de saibro. Em cinco competições nos últimos meses, todas no saibro, incluindo a Billie Jean King Cup, ela acumulou sete vitórias e cinco derrotas. Seu melhor resultado aconteceu no WTA 1000 de Madri, quando alcançou as quartas de final.

LUISA AVANÇA
Medalhista olímpica em Tóquio, em 2021, Luisa Stefani avançou às semifinais da chave de duplas nesta quinta. Ela e a Demi Schuurs superaram a russa Alexandra Panova e a mexicana Giuliana Olmos por 6/2 e 6/3. Na sequência, elas vão enfrentar a espanhola Cristina Bucsa e a romena Monica Niculescu.

Luisa também se prepara para Roland Garros. A brasileira tem como melhor resultado no saibro de Paris as oitavas de final nas duplas femininas tanto no ano passado quanto em 2020.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros